Da sociedade esportiva moderna no Brasil à constituição de um sportsman do sertão norte-mineiro

Main Article Content

Rogério Othon Teixeira Alves
Luciano Pereira da Silva

Resumo

Neste artigo, pretende-se, a partir do entendimento da composição histórica própria e diversificada do cenário esportivo brasileiro, compreender a forja de um sportsman que atuaria na cidade de Montes Claros, região sertaneja que não compreendeu os aspectos da modernidade no ritmo das capitais, mas que, também, não esteve alheia a eles. Como estratégia metodológica, foram utilizados como fontes obras de memorialistas montes-clarenses e periódicos cariocas e mineiros, principalmente do final do século XIX e início do século XX. Ari de Oliveira, após o seu retorno do Rio de Janeiro, lugar onde conviveu numa sociedade em ebulição esportiva, em função do seu envolvimento como atleta amador e dirigente das equipes que participara em Montes Claros, constituiu-se num sportsman local, refletindo o esporte da cidade grande para o interior, praticando e promovendo o futebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Othon Teixeira Alves, R., & Pereira da Silva, L. (2020). Da sociedade esportiva moderna no Brasil à constituição de um sportsman do sertão norte-mineiro. FuLiA / UFMG, 4(2), 131–147. https://doi.org/10.17851/2526-4494.4.2.131-147
Seção
PARALELAS
Biografia do Autor

Rogério Othon Teixeira Alves, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes.

Doutor em Estudos do Lazer; Professor vinculado ao Departamento de Educação Física e do Desporto da Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes/MG.

Luciano Pereira da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG.

Doutor em Educação; Professor da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer da UFMG.

Referências

ANJOS, Ciro dos. A menina do sobrado. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1979.
BARBOSA, Marialva. História cultural da imprensa: Brasil 1900-2000. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.
DIAS, Cleber. O esporte e a cidade na historiografia brasileira: uma revisão crítica. Tempo, v. 19, n. 34, p. 33-44, 2013.
FERNADEZ, Renato Lanna. Futebol, identidades e representações – caso do Fluminense Football Club. In: Simpósio Nacional de História, 24, 2009, Fortaleza. Anais... Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018.
GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade. São Paulo: Unesp, 1991.
JEUKEN, Bruno. Esporte na primeira república: a história do espetáculo. Revista de História, São Paulo, n. 176, p.1-10, 2017.
LIMA, Eduardo José Silva. Da chegada a institucionalização: os primeiros passos do futebol pernambucano. In: Simpósio Nacional de História, 26, 2011, São Paulo. Anais... Disponível em: https://bit.ly/2RK8xcR. Acesso em: 12 dez. 2019.
MÁXIMO, João. Memórias do futebol brasileiro. Estudos Avançados, v. 13, n. 37, p. 179-188, 1999.
MELO, Victor Andrade de. O esporte como forma de lazer no Rio de Janeiro do século XIX e década inicial do XX. In: MARZANO, Andrea; MELO, Victor Andrade de. (Orgs.). Vida divertida: histórias do lazer no Rio de Janeiro (1830-1930). Rio de Janeiro: Apicuri, 2010.
MELO, Victor Andrade de. Entre a elite e o povo: o sport no Rio de Janeiro do século XIX (1851-1857). Tempo, v. 21, n. 37, p. 208-229, 2015a.
MELO, Victor Andrade de. O esporte: uma diversão no rio de janeiro do século XIX. Revista Brasileira de Estudos do Lazer, v. 2, n. 3, p. 49-66, 2015b.
MELO, Victor Andrade de. Evidência e especulação: a origem do futebol no Rio de Janeiro (1898-1902). Movimento, v. 23, p. 919-934, 2017.
MELO, Victor Andrade de; SANTOS, Flávia da Cruz. Deslizando rumo ao progresso: a patinação em São Paulo (1877-1912). Movimento, v. 23, p. 171-184, 2017.
PAULA, Hermes Augusto. Montes Claros: sua história sua gente seus costumes. Belo Horizonte: Minas Gráfica Editora, 1957.
PAULA, Hermes Augusto. Montes Claros: sua história sua gente seus costumes. 2. ed. Belo Horizonte: Minas Gráfica Editora, 1979.
PEREIRA, Leonardo Affonso de Miranda. Footballmania: uma história social do futebol no Rio de Janeiro (1902-1938). Tese (Doutorado em História). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1998.
PINTO, Rodrigo Márcio Souza. A formação dos times de futebol proletário e as intervenções das elites: a construção da história do futebol cearense e os conflitos sociais em torno da bola. (1919-1938). In: Simpósio Nacional de História, 24, 2007, São Leopoldo. Anais... Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2018.
SANTOS, Daniella Miranda; CASIMIRO, Ana Palmira Bittencourt Santos. Memória e direito: as origens do bacharelismo liberal no Brasil Império (1822-1889). Educação, gestão e sociedade, v. 2, n. 5, 2012.
SANTOS, Henrique Sena. Entre negros e brancos: considerações sobre a formação da cultura futebolística em Salvador, 1901-1920. Recorde, v. 2, n. 1, p. 1-28, 2009.
SEVCENKO, Nicolau. A capital irradiante: técnica, ritmos e ritos do Rio. In: ______. (Org.). História da vida privada no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, v. 3, 1998.
SILVA, Luciano Pereira da. O futebol e o início da diversão esportivizada em Montes Claros-MG. Licere, v. 16, n. 1, mar. 2013.
VELOSO, Geisa Magela. A missão “desanalfabetizadora” do jornal Gazeta do Norte, em Montes Claros (1918-1938). Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação da UFMG, Belo Horizonte, 2008.
VIANNA, Nelson. Efemérides montesclarenses. Rio de Janeiro: Pongetti, 1964.
VIANNA, Urbino de Souza. Monographia do municipio de Montes Claros: breves apontamentos históricos, geographicos e descriptivos. Belo Horizonte: Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, 1916.