A várzea no reinado de Momo carnaval em clubes amadoristas de Belo Horizonte nos anos 1940 a 1980

Conteúdo do artigo principal

Raphael Rajão Ribeiro

Resumo

O presente artigo se propõe a examinar as aproximações entre os clubes de futebol de várzea e os festejos carnavalescos em Belo Horizonte entre os anos 1940 e 1980. Por meio de registros jornalísticos, relatos orais e acervos fotográficos, o texto busca compreender de que forma as agremiações amadoristas se envolveram com os folguedos momescos em suas diferentes vertentes. Compartilha-se a perspectiva de que as entidades esportivas populares do período estudado eram associações com ampla inserção comunitária, mantendo uma rica atividade social e cultural. Nessa medida, a identificação da estreita relação entre futebol e carnaval na vida de bairro permite compreender um dos caminhos para a conexão entre essas duas expressões que, ainda hoje, influenciam-se mutuamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
RIBEIRO, R. R. A várzea no reinado de Momo: carnaval em clubes amadoristas de Belo Horizonte nos anos 1940 a 1980. FuLiA/UFMG , Belo Horizonte/MG, Brasil, v. 8, n. 1, p. 6–31, 2023. DOI: 10.35699/2526-4494.2023.40419. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/fulia/article/view/40419. Acesso em: 21 maio. 2024.
Seção
DOSSIÊ
Share |

Referências

ALBA, Jorge Antônio. Memórias do Clube Esportivo e Recreativo Atlântico da cidade de Erechim. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimen-to Humano). Escola Superior de Educação Física/UFRGS, Porto Alegre, 2008.

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação social no Brasil: arquitetura moder-na, lei do inquilinato e difusão da casa própria. São Paulo: Estação Liberda-de/Fapesp, 1998.

BORGES, Maria Eliza Linhares. História & fotografia. Belo Horizonte: Autên-tica, 2003.

CHIQUETTO, Rodrigo Valentim. A cidade do futebol: etnografia sobre a práti-ca futebolística na metrópole manauara. 2014. Dissertação (Mestrado em An-tropologia Social). FFLCH/USP, São Paulo, 2014.

CUNHA, Maria Clementina Pereira Cunha. Ecos da folia. Uma história social do carnaval carioca entre 1880 e 1920. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

DAMATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

DURHAM, Eunice Ribeiro. A sociedade vista da periferia. In: KOWARICK, Lú-cio (org.). As lutas sociais e a cidade: São Paulo: passado e presente. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988, p. 169-204.

FAVERO, Raphael Piva Favalli. “A várzea é imortal”: abnegação, memória, disputas e sentidos em uma prática esportiva urbana. 2018. Dissertação (Mes-trado em Antropologia Social). FFLCH/USP, São Paulo, 2018.

IBGE. Censo demográfico: 1960. Rio de Janeiro: IBGE, 1960.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. Festa no pedaço: cultura popular e lazer na cidade. São Paulo: Editora Brasiliense, 1984.

MELO, Victor Andrade de. Cidade expandida: estudos sobre esporte no su-búrbio carioca. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2022.

PEREIRA, Leonardo Affonso de Miranda. A cidade que dança: clubes e bai-les negros no Rio de Janeiro (1881-1933). Campinas, SP: Editora Unicamp: Rio de Janeiro, RJ: EdUERJ, 2020.

PEREIRA, Leonardo Affonso de Miranda. Footballmania: uma história social do futebol no Rio de Janeiro, 1902-1938. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000.

RIGO, Luiz Carlos. Memórias de um futebol de fronteira. Pelotas, RS: UFPEL, Editora Universitária, 2004.

SANTOS, Alberto Luiz dos. O samba como patrimônio cultural em São Pau-lo/SP: as batucadas de beira de campo e o futebol de várzea. Tese (Doutorado em Geografia Humana). FFLCH/USP, São Paulo, 2021.