Mobilidade espacial e ocupacional da força de trabalho na região de influência de Belo Horizonte

  • Carlos Lobo Universidade Federal de Minas Gerais
  • Ricardo A. Garcia Universidade Federal de Minas Gerais
  • Melissa G. de Godoy
Palavras-chave: Mobilidade Espacial e Ocupacional, Força de Trabalho, RAISMIGRA

Resumo

Em várias oportunidades a mobilidade espacial da força de trabalho tem sido considerada como um importante mecanismo de mobilidade sócio-ocupacional e depende, dentre outros fatores, da dinâmica conjuntural das atividades econômicas, do nível de oferta setorial de empregos, do grau de desenvolvimento da estrutura produtiva e das transformações estruturais na forma de organização da produção. A falta de oportunidades no mercado local induz o trabalhador a permanecer no seu trabalho atual, manter-se desempregado ou procurar emprego em outro lugar. A mobilidade laboral não é determinada apenas pelo custo de deslocamento, mas também da oferta de postos de trabalho. Este artigo teve como objetivo avaliar a mobilidade espacial e ocupacional da força de trabalho no mercado formal na Região de Influência de Belo Horizonte com base nos dados extraídos da Relação Anual de Informações Sociais de 1998 a 2007. Os resultados, de forma geral, indicaram um crescimento no volume de saída de trabalhadores da capital do estado, que se dirigiam preferencialmente para determinados centros regionais, como Montes Claros, Juiz de Fora e Varginha. Uma parte considerável da dessa força de trabalho que saiu de Belo Horizonte integra categorias que apresentou mobilidade ocupacional positiva, marcada pela ascendência vertical no nível mercado de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Lobo, Universidade Federal de Minas Gerais
Professor Adjunto do Departamento de Geografia do IGC/UFMG.
Ricardo A. Garcia, Universidade Federal de Minas Gerais
Professor Adjunto do Departamento de Geografia do IGC/UFMG.
Melissa G. de Godoy,
Assessora técnica de gabinete da Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo.
Publicado
2011-12-01
Como Citar
Lobo, C., Garcia, R. A., & Godoy, M. G. de. (2011). Mobilidade espacial e ocupacional da força de trabalho na região de influência de Belo Horizonte. Revista Geografias, 7-23. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/geografias/article/view/13314
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)