Migração e urbanização no Brasil

Autores

  • Ralfo Matos Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-549X..13326

Palavras-chave:

Migração, História Urbana, Urbanização Brasileira

Resumo

A proximidade entre urbanização e migração é evidente. A colonização europeia e o surgimento de núcleos de povoamento dependentes da exploração de recursos naturais foi um processo que atraiu migrantes do mundo inteiro, sobretudo quando metais preciosos eram descobertos. Cidades e povoados ganhavam muito com a imigração em massa, especialmente se a riqueza mineral ocupasse muitos anos de exploração, como ocorreu na America do Norte e no Brasil dos séculos XVIII e XIX. Esse foi o tempo da urbanização esparsa de tipo pré-industrial. Um segundo momento teve início no século XX quando determinadas cidades e regiões concentraram grande número de atividades industriais e imigrantes, a maioria deles de origem rural. No Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo tornaram-se polos regionais e atraíram milhões de imigrantes por várias décadas. Um terceiro momento iniciou-se a partir de 1980 no Brasil, com a dispersão de população e investimentos em direção a cidades de porte médio em diversas regiões do país. Esse artigo expõe algumas evidências empíricas sobre essas três temporalidades e destaca os nexos de causalidade que as explicam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ralfo Matos, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor Titular do Departamento de Geografia do IGC/UFMG.

Referências

ANDRADE, Manuel C. A questão do território no Brasil. São Paulo-Recife: Hucitec, 1995.

AZZONI, Carlos R. Indústria e reversão da polarização no Brasil. São Paulo, IPE/USP, 1986.

BALAN, Jorge. Migração e desenvolvimento capitalista no Brasil: ensaio de interpretação histórico-comparativa. Estudos CEBRAP, v.5, p.5-79, jul/set. 1973

BARBOSA, Waldemar de Almeida. A decadência das minas e a fuga da mineração. Belo Horizonte: Centro de Estudos Mineiros/ UFMG, 1971.

BRANDÃO, J.R.L. Desenvolvimento e mudança social; formação da sociedade urbano-industrial no Brasil. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1978.

CALDEIRA, Jorge. A nação mercantilista: Ensaio sobre o Brasil. São Paulo: Ed. 34, 1999. 416 p.

CANO, Wilson. Desequilíbrios regionais e concentração industrial no Brasil:1930-1970. Rio de Janeiro: Global, 1985.

CORRÊA, Roberto L. Os estudos de redes urbanas no Brasil até 1965. Simpósio de Geografia Urbana. Instituto Panamericano de Geografia e História, Rio de Janeiro, 1968, p. 173-206.

DAVIDOVICH, F. (1989). Tendência da urbanização no Brasil, uma análise espacial. IN: Revista Brasileira de Geografia, ano 37, v. 51, n. 1, jan/ mar, 1989.

DEFFONTAINES, P. Como se constituiu no Brasil a rede de cidades. In: Boletim geográfico 14, 1944 e Boletim Geográfico 15, 1944.

DINIZ, C.C. Desenvolvimento poligonal no Brasil; nem desconcentração, nem contínua polarização. Belo Horizonte, Nova Economia (Revista do Departamento de Ciências Econômicas da UFMG). V.31. N.11. Set. p. 35-64. 1993.

EGLER, Cláudio A.G. Crise e dinâmica das estruturas produtivas regionais no Brasil. In: CASTRO, Iná et. Alli(orgs). Brasil: Questões atuais da reorganização do território. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

FARIA, Vilmar. Desenvolvimento, urbanização e mudanças na estrutura do emprego: a experiência brasileira dos últimos trinta anos. In: SORJ, B., ALMEIDA, M. (Org.). Sociedade e política no Brasil pós-64. São Paulo, Brasiliense, 1983, pp. 118-63.

FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. São Paulo: Cia Editora Nacional, 1986.

GEIGER, Pedro P. Evolução da rede urbana brasileira. Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos (Ministério da Educação e Cultura). Rio de Janeiro. 1963. 464p.

HOLANDA, Sergio Buarque de. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1978. IBGE, Rio de Janeiro. Regiões de influência das cidades. Rio de Janeiro, (co-patrocínio do Ministério da Habitação e Urbanismo), 1987.

MARTINE, G. et al. A urbanização no Brasil: retrospectiva, componentes e perspectivas. In: PARA a década de 90; prioridades e perspectivas de políticas públicas. Brasília: IPEA/ IPLAM, 1990.

MARTINE, G., PELIANO, J.C. Migração, estrutura ocupacional e renda nas áreas metropolitanas. In: MOURA, A.M. ed., Migração interna; textos selecionados. Fortale¬za, 1980.

MATOS, R.E.S. Questões teóricas acerca dos processos de concentração e desconcentração da população no espaço. In: Revista Brasileira de Estudos Populacionais. São Paulo, 1995, p. 35-58.

MATOS, R. E. S. e BAENINGER, R. Migration and Urbanization in Brazil: Processes of Spatial Concentration and Deconcentration and the Recent Debate. In: XXIV General Population Conference, 2001, Salvador, 2001.

________. Espacialidades em rede: população, urbanização e migração no Brasil contemporâneo. Belo Horizonte: C/ Arte Editora, 2005, v.1, p. 17-59.

NEGRI, B. Concentração e desconcentração industrial em São Paulo (1880- 1990). Campinas: Ed. UNICAMP, 1996.

PACHECO, C. A. Fragmentação da nação. Campinas: Instituto de Economia/UNICAMP, 1998.

PRADO JUNIOR, Caio. História Econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense,1986. RAMOS, E.F.;

MATOS, R. E. S.; GARCIA, R.A. As cidades médias como nódulos de equilíbrio da rede de cidades. In: VII Encontro Nacional Sobre Migrações, 2011, Curitiba.

REDWOOD III, John. Reversion de polarizacion, ciudades secundarias y eficiencia en el desarrollo nacional: una vison teorica aplicada al Brsil contemoraneo. Revista Latinoamericana de Estudios Urbanos Regionales. Santiago, vol 11, n.32, dez. 1984.

REIS FILHO, Nestor Goulart. Contribuição ao Estudo da Evolução Urbana no Brasil; 1500-1720. São Paulo: Editora Pioneira, 1968.

RODARTE, M.M.S. O trabalho do fogo: Perfis de domicílios enquanto unidades de produção e reprodução na Minas Gerais Oitocentista. Belo Horizonte: Cedeplar/UFMG, 2008 (Tese de doutorado).

SANTOS, Milton e SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do séc. XXI. Rio de Janeiro/SP. Record. 2001

WILLIAMSON, J. G. Migration and Urbanization. In: Chenery and T.N. Srinivasan. Handbook of Development Economics. V. 1, Elsevier, 1988.

Downloads

Publicado

2012-06-01

Como Citar

Matos, R. (2012). Migração e urbanização no Brasil. Revista Geografias, 7–23. https://doi.org/10.35699/2237-549X.13326

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)