Motivações de licenciandos para escolha da carreira de professor de Física

  • Bruno dos Santos Simões Universidade Federal de Santa Catarina
  • José Francisco Custódio Universidade Federal de Santa Catarina
  • Mikael Frank Rezende Junior Universidade Federal de Itajubá
Palavras-chave: Escolha da carreira, Autoeficácia, Teoria da atribuição, Emoções positivas, Interesse duradouro.

Resumo

Este trabalho discute a importância de aspectos relativos ao domínio afetivo/motivacional, como crenças, atitudes, emoções, expectativa de reviver emoções positivas, entre outros, no processo de escolha da carreira de professor de Física. Essa investigação foi desenvolvida com licenciandos dos quatro primeiros períodos da graduação em Física em duas universidades públicas brasileiras. Na análise das entrevistas, buscamos elementos relativos às crenças de autoeficácia dos acadêmicos; a experiências emocionais positivas e de interesse que possam ter tido pela Física ou pela docência; a suas relações com a profissão de professor e com seus professores durante o período escolar; e às atribuições que fazem para terem optado pela licenciatura em Física. Os resultados apontam que crenças de autoeficácia e as expectativas em reviver emoções positivas foram fatores importantes na escolha da carreira de professor de Física por parte desses licenciandos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno dos Santos Simões, Universidade Federal de Santa Catarina
Licenciado em Física pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Mestre em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista do CNPq.
José Francisco Custódio, Universidade Federal de Santa Catarina
Possui graduação em Licenciatura Em Física, mestrado em Educação e doutorado em Educação Cientifica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é Professor Adjunto II da Universidade Federal de Santa Catarina.
Mikael Frank Rezende Junior, Universidade Federal de Itajubá
Licenciado em Física, Mestre em Ensino de Ciências e Doutor em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina. É professor Adjunto da Universidade Federal de Itajubá - MG.
Publicado
2016-04-28
Como Citar
Simões, B. dos S., Custódio, J. F., & Rezende Junior, M. F. (2016). Motivações de licenciandos para escolha da carreira de professor de Física. Revista Brasileira De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 16(1), 77-107. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4338
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)