O que Cinderela e a Bela e a Fera têm a ver com a Geografia?

Palavras-chave: Formação docente, Livros paradidáticos, Ensino de Geografia

Resumo

O uso de paradidáticos nas aulas de Geografia ajuda a promover a interdisciplinaridade, além de possibilitar o estímulo ao senso crítico e a ampliação dos conhecimentos. Nesse sentido, foi introduzido na disciplina de Metodologia do Ensino de Geografia, no curso de Licenciatura em Geografia, o trabalho com obras literárias, mais especificamente os contos infantis, sendo eles lidos e pensados na perspectiva do trabalho com conteúdos referentes ao 2º ano do Ensino Médio. A atividade desenvolvida teve como objetivo proporcionar aos licenciandos bases para promover a integração entre Literatura e Geografia. O desenvolvimento da atividade mostrou, dentre outros resultados, que a maioria não tinha pensado em utilizar contos infantis nas aulas de Geografia e que, após a execução da atividade, adotariam essa prática durante as aulas.

Biografia do Autor

Jacqueline Praxedes Almeida, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Maceió, AL, Brasil.

Foi professora da educação básica da rede pública e particular. Atualmente é professora Adjunta do Curso de Geografia Licenciatura da Universidade Federal de Alagoas, coordenando o PIBID Geografia. Doutora e mestra em Ciências da Educação pela Universidade de Évora (2014 e 2007), especialista em Psicopedagogia no Cotidiano Escolar pela Unigranrio (1997) e graduada em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Alagoas (1995).

Denis Rocha Calazans, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Maceió, AL, Brasil.

Possui graduação em Geografia Bacharelado e Licenciatura pela Universidade Federal de Alagoas (1995 e 2005), especialização em Docência do Ensino Superior (2007), mestrado em Recursos Hídricos e Saneamento pela Universidade Federal de Alagoas (2014) e é doutorando em Educação pela Universidade Tecnológica Intercontinental (UTIC). Atualmente é professor do Instituto Federal de Alagoas (IFAL).

Referências

A BELA adormecida. Itapevi: Ciranda Cultural Editora e Distribuidora, 2011.

A BELA e a fera. Itapevi: Ciranda Cultural Editora e Distribuidora, 2011.

AZEVEDO, Sandra de Castro de; ALMEIDA, Cilene Gomes Brito de. O paradidático como instrumento facilitador no ensino de geografia. Revista de Ensino de Geografia, Uberlândia, v. 4, n. 6, p. 139-148, jan./jun., 2013. Disponível em: http://www.revistaensinogeografia.ig.ufu.br/N.6/Rel1av4n6.pdf. Acesso em: 23 maio 2018.

BERALDI, Francielle Bonfim. Geografia e literatura infantil: a construção da linguagem geográfica através de textos literários nas séries iniciais do ensino fundamental. In: SEMANA DE GEOGRAFIA, 12., 2011, Presidente Prudente. Anais […] Presidente Prudente: UNESP, 2011. p. 1-11. Disponível em: http://www2.fct.unesp.br/semanas/geografia/2011/ensinodegeografiaeepistemologia/TCEG01%20-%20Francielle%20Bonfim%20Beraldi.pdf. Acesso em: 25 maio 2018.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 23 janeiro 2019.

CASTRO Júlia Fonseca. Geografia e literatura: da aproximação ao diálogo. In: SUZUKI, Júlio César; LIMA, Angelita Pereira; CHAVEIRO, Eguimar Felício (org.). Geografia, literatura e arte: epistemologia, crítica e interlocuções [livro eletrônico]. Porto Alegre: Imprensa Livre, 2016.

CAVALCANTI, Zélia. Caderno de Leituras: orientações para o trabalho em sala de aula. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

CINDERELA. Itapevi: Ciranda Cultural Editora e Distribuidora, 2011.

CUNHA, André Victor Cavalcanti Seal da. Livros didáticos de história: uma análise das apropriações pela prática pedagógica dos professores. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 25., 2009, Fortaleza. Anais [...] Fortaleza: UFC, 2009. p. 1-11. Disponível em: http://anais.anpuh.org/wp-content/uploads/mp/pdf/ANPUH.S25.1414.pdf. Acesso em: 23 maio 2018.

FISCARELLI, Rosilene Batista de Oliveira. Material didático: discurso e saberes. Araraquara: Junqueira & Martins Editoras, 2008.

FERNANDES, Bernardo Mançano. O livro paradidático em sala de aula: do planejamento ao uso. In: CASTROGIOVANNI, Antonio C. (org.). Geografia em sala de aula: práticas e reflexões. 5. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2010. p.151-156.

FERNANDES, Felipe Moura. Geografia e literatura (ciência e arte): Proposições para um diálogo. Espaço e Cultura, Rio de Janeiro, n. 33, p.167-176, jan./jun. 2013.

FERRAZ, Cláudio Benito O.; BERALDI, Francielle Bonfim. Geografia e Literatura Infantil: considerações para devires minoritários da educação. In: PORTUGAL, Jussara Fraga; OLIVEIRA, Simone Santos; PEREIRA, Tânia Regina Dias Silva (org.). Geografias e linguagens: concepções, pesquisas e experiências formativas. Curitiba: CRV, 2013. p. 165-188.

HANSEM, Marilene do Carmo. A leitura como instrumento para a aquisição do conhecimento. In: O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense. Curitiba: Secretaria da Educação, 2012.

HUECK, Karin. O lado sombrio dos contos de fadas. Superinteressante, São Paulo: Editora Abril, ano 30, n. 12, p. 24-33, 2017.

JOÃO e Maria. Itapevi: Ciranda Cultural Editora e Distribuidora, 2011.

LUCCI, Elian Alabi; BRANCO, Lazaro Anselmo; MENDONÇA, Cláudio. Território e sociedade no mundo globalizado, Ensino Médio. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2016. v. 2.

LUCCI, Elian Alabi; BRANCO, Lazaro Anselmo; MENDONÇA, Cláudio. Território e sociedade no mundo globalizado, Ensino Médio. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2016. 3 v.

MAIA, Doralice Sátyro. Uma leitura geográfica da obra de José Lins do Rego: aproximando a literatura do ensino de geografia. In: REGO, Nelson; CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos; KAERCHER, Nestor André (org.). Geografia: práticas pedagógicas para o ensino médio. Porto Alegre: Penso, 2011.

MARTINS, Luís Almeida. De pé, ó vítimas da fome. Visão História, Paço de Arcos: Medipress, n. 28, p. 48-51, abr. 2015.

MUNAKATA, Kazumi. Produzindo Livros Didáticos e Paradidáticos. 1997. 218 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em História e Filosofia da Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.

NÓVOA, António. O lugar da licenciatura. Revista Educação. 2016. Disponível em: http://www.revistaeducacao.com.br/o-lugar-da-licenciatura/. Acesso em: 23 maio 2018.

OLANDA, Diva Aparecida Machado; ALMEIDA, Maria Geralda. A geografia e a literatura: uma reflexão. Geosul, Florianópolis, v. 23, n. 46, p 7-32, jul./dez. 2008.

ORTEGA, Any Marise; PELOGGIA, Alex Ubiratan Goossens; SANTOS, Fábio Cardoso. A Literatura no caminho da História e da Geografia: Práticas integradas com a Língua Portuguesa. São Paulo: Cortez, 2009.

PONTUSCHKA, Nídia Nacib; PAGANELLI, Tomoko Iyda; CACETE, Núria Hanglei. Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Cortez, 2007.

SALTORIS, Daiala Barroso; CARDOSO, Cristiane. Geografia e Literatura: uma proposta para um ensino interdisciplinar. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEÓGRAFOS, 18., 2016, São Luís. Anais [...] São Luís: UFMA, 2016. p. 1-12. Disponível em: http://www.eng2016.agb.org.br/resources/anais/7/1467662012_ARQUIVO_ArtigoENG.pdf. Acesso em: 23 maio 2018.

SILVA, Igor Antônio; BARBOSA, Tulio. O ensino de geografia e a literatura: uma contribuição estética. Caminhos de Geografia. Uberlândia v. 15, n. 49, p. 80–89, mar., 2014.

SILVA, Izabel Cristina. Livro paradidático: uma porta aberta para o ensino de Geografia Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2017. 244 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2017.

SILVA, Luciana Bessa. O trabalho docente com livros paradidáticos no ensino médio. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 2., 2015, Campina Grande. Anais […] Campina Grande: Centro de Convenções Raymundo Asfora, 2015. p. 1-11. Disponível em: http://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV045_MD1_SA15_ID1210_27072015165013.pdf. Acesso em: 23 maio 2018.

SOUZA, Josemir da Paixão de. Uma introdução dos livros paradidáticos no ensino de matemática. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DE MATEMÁTICA, 6., 2013, Canoas. Anais [...] Canoa: ULBRA, 2013. p. 1-13.

SOUZA, Fernanda Dione Sales; SANTOS, Sandra Maria Oliveira; MENDES, Geisa Flores. A prática docente do profissional de Geografia no Instituto de Educação Euclides Dantas (IEED) em Vitória da Conquista – BA. In: ENCONTRO BAIANO DE GEOGRAFIA/X SEMANA DE GEOGRAFIA DA UESB, 8., 2011, Vitória da Conquista. Anais […] Vitória da Conquista: UESB, 2011. p. 1-18. Disponível em: http://www.uesb.br/eventos/ebg/anais/3a.pdf. Acesso em: 23 maio 2018.

THOMSON, Ana Beatriz Accorsi. Os paradidáticos no ensino de História: uma reflexão sobre a literatura infantil/juvenil na atualidade. Revista do Lhiste. Porto Alegre, v. 3, n. 4, p. 27-49, jan/jun. 2016.

TROCA, Renata Ávila; CHAIGAR, Vânia Alves. Literatura, história de vida e o ensino da vida das Geografias do “fim do mundo”. In: PORTUGAL, Jussara Fraga; CHAIGAR, Vânia Alves Martins (org.). Cartografia, cinema, literatura e outras linguagens no ensino de Geografia. Curitiba: CRV, 2012. p. 157-171.

Publicado
2019-12-04
Como Citar
ALMEIDA, J. P.; CALAZANS, D. R. O que Cinderela e a Bela e a Fera têm a ver com a Geografia? . Revista Docência do Ensino Superior, v. 9, p. 1-15, 4 dez. 2019.
Edição
Seção
Artigos