A teoria do agir comunicativo e sua contribuição para a relação professor-aluno no ensino superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2017.2349

Palavras-chave:

Educação, Ensino superior, Agir comunicativo, Relação professor-aluno

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar o impacto da relação professor-aluno no processo de aprendizagem no ensino superior na perspectiva da Teoria do Agir Comunicativo, desenvolvida por Jürgen Habermas. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica na qual foram selecionados e analisados artigos publicados entre 2006 e 2016 que apresentem uma discussão acerca da correlação entre a Teoria do Agir Comunicativo e a educação, de modo especial no ensino superior. A teoria de Habermas não foi originalmente elaborada para compreender a educação, mas apresenta valiosas contribuições nesse campo. Verificou-se que a relação professor-aluno, quando baseada numa razão comunicativa, que valoriza a interação entre sujeitos mediada pela linguagem e pela capacidade argumentativa, favorece o entendimento mútuo, o afloramento de novos conhecimentos e a emancipação humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Damiana Santos de Lima Meireles, Centro Universitário Católica de Quixadá (Unicatólica), Quixadá, CE, Brasil.

Especialista em Docência do Ensino Superior e Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário Católica de Quixadá (Unicatólica).

Rodrigo Fernandes Meireles, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Quixadá, CE, Brasil.

Mestre em Cultura da Unidade pelo Instituto Universitario Sophia (Itália) e Graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (Unifor). Psicólogo no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Quixadá.

Ana Paula Vasconcelos de Oliveira Tahim, Universidade Federal do Ceará (UFC), Fortaleza, CE, Brasil.

Doutoranda em Educação Brasileira na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (FACED/UFC). Professora na Faculdade Cearense (FaC) e na Faculdade do Maciço de Baturité (FMB). Colaboradora da Especialização em Docência do Ensino Superior na Unicatólica.

Stânia Nágila Vasconcelos Carneiro, Centro Universitário Católica de Quixadá (Unicatólica), Quixadá, CE, Brasil.

Pós-doutora e doutora em Educação pela Universidade do Minho – Portugal e pela Universidade Federal do Ceará (UFC); mestre e graduada em Letras pela UFC. Professora no Centro Universitário Católica de Quixadá (Unicatólica).

Downloads

Publicado

2017-12-07

Como Citar

MEIRELES, D. S. de L.; MEIRELES, R. F.; TAHIM, A. P. V. de O.; CARNEIRO, S. N. V. A teoria do agir comunicativo e sua contribuição para a relação professor-aluno no ensino superior. Revista Docência do Ensino Superior, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 97-112, 2017. DOI: 10.35699/2237-5864.2017.2349. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2349. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos