Educação, cibercultura e espaços abertos no Ensino Superior

entrevista com Adriana Rocha Bruno

Autores

Resumo

Entrevista com Adriana Rocha Bruno

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Rocha Bruno, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora, MG, Brasil.

Pós-doutora em educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, doutora e mestre em educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e licenciada em pedagogia. É professora adjunta do Departamento de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e dos programas de pós-graduação em Educação e em Gestão e Avaliação da Educação Pública — ambos da UFJF. É coordenadora do curso de especialização Mídias na Educação (FACED/UFJF) e vice-coordenadora do curso de Pedagogia da UFJF. É líder do Grupo de Pesquisa Aprendizagem em Rede — GRUPAR e membro de duas redes internacionais de pesquisa: REGIET (Red Internacional de Grupos de Investigación en Educación y Tecnología, UPM) e COLEARN (Collaborative Open Learning, The Open University).

Marcos Vinícius Tarquínio, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Graduado em Pedagogia (2000) e mestrando em Educação pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Pós-graduado em Psicopedagogia (2004) pelo Centro de Estudos e Pesquisas Educacionais de Minas Gerais (CEPEMG) e em Teoria Psicanalítica (2015) pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, é técnico em assuntos educacionais na Diretoria de Inovação e Metodologias de Ensino — Giz/PROGAD/UFMG. Possui experiência nas seguintes áreas: supervisão e orientação pedagógicas, psicopedagogia, educação inclusiva, educação corporativa, educação a distância, produção editorial de materiais educacionais e desenvolvimento de práticas pedagógicas.

Kênia Aulízia Heredia, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Graduada em Letras e mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais. Foi docente na educação básica e superior em instituições públicas e privadas. Atualmente trabalha na Diretoria de Inovação e Metodologias de Ensino — Giz/PROGRAD/UFMG — como técnica em assuntos educacionais.

Referências

BRUNO, A. R. Linguagem emocional em ambientes telemáticos: tecendo a razão e a emoção na formação de educadores. 2002. 228 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.

BRUNO, A. R. A aprendizagem do educador: estratégias para a construção de uma didática online. 2007. 252 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

BRUNO, A. R. Didática online: contribuições para o desenho didático em ambientes digitais de aprendizagem. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DO ENSINO: Trajetórias e processos de ensinar e aprender — lugares, memórias e culturas, 14., 2008, Porto Alegre. Disponível em: <http://saladeaulainterativa.pro.br/moodle/file.php/11/TIDD_PUCSP/TEXTO_Adriana_ENDIPE_2008.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2017.

BRUNO, A. R. Travessias invisíveis: plasticidade, diferença e aprendizagem em redes rizomáticas de formação de adultos educadores nos ambientes online. In: XV ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DO ENSINO: convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente, 15., 2010, Belo Horizonte: Autêntica, 2010. Disponível em: <http://www.fae.ufmg.br/endipe/livros/Livro_3.PDF>. Acesso em: 10 nov. 2017.

BRUNO, A. R.; MATTOS, A. C. G. REA e Pomar: desdobramentos de uma educação aberta na cibercultura. EaD em foco, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 84-93, maio/ago. 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2017.

BRUNO, A. R.; SILVA, Judilma Aline Oliveira. Percursos e experiências no ensino superior: múltiplas aprendizagens para docências na cultura digital. Laplage em revista, Sorocaba, v. 3, n. 2, p. 24-33, maio/ago. 2017.

D'AMBRÓSIO, Ubiratan. A metáfora das gaiolas epistemológicas e uma proposta educacional. Perspectivas da Educação Matemática, Campo Grande, UFMS, v. 9, n. 20, 2016.

MATTOS, Ana Carolina Guedes. MOOC: uma análise das produções nacionais e internacionais. 2015. 130 f. Dissertação (Mestrado em Educação - Universidade Federal De Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2015.

ROGERS, C. R. Tornar-se pessoa. 5. ed. Trad. Manuel José do Carmo Ferreira. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

Downloads

Publicado

2017-12-07

Como Citar

BRUNO, A. R.; TARQUÍNIO, M. V.; HEREDIA, K. A. Educação, cibercultura e espaços abertos no Ensino Superior: entrevista com Adriana Rocha Bruno. Revista Docência do Ensino Superior, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 270-281, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2406. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Entrevistas