O ensino de Libras no curso de Pedagogia

desafios, avanços e o papel do intérprete educacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2018.2431

Palavras-chave:

Libras, Intérprete, Professor, Desafios, Pedagogia

Resumo

Nas últimas décadas, observamos várias conquistas com a implantação do ensino de Libras nos cursos de licenciatura em 2005 e de uma legislação que possibilita o acesso e a permanência de professores e alunos surdos nos cursos superiores. O objetivo desta pesquisa é investigar a opinião dos alunos de uma turma de Pedagogia em relação aos principais desafios e avanços que a educação de surdos obteve com a inserção da disciplina Libras no currículo do curso de Pedagogia e compreender os obstáculos enfrentados pelo intérprete e pelo professor na consolidação dos seus papéis no processo de aprendizagem. Trata-se de uma pesquisa exploratória qualitativa que, através do olhar dos discentes, desvenda a fragilidade da legislação referente aos direitos dos surdos; o preconceito/resistência que os profissionais da educação possuem ao lidar com os alunos surdos e a falta de clareza dos futuros pedagogos em relação às funções exercidas pelos profissionais da área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Silva de Paula, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), graduado em História e em Pedagogia. Atualmente, compõe o quadro de professores substitutos da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e realiza estágio pós-doutoral na mesma instituição.

Downloads

Publicado

2018-07-11

Como Citar

PAULA, L. S. de. O ensino de Libras no curso de Pedagogia: desafios, avanços e o papel do intérprete educacional. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 77–91, 2018. DOI: 10.35699/2237-5864.2018.2431. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2431. Acesso em: 23 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)