Práticas pedagógicas mediadas por tecnologias digitais em período de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2020.24827

Palavras-chave:

Aulas remotas, Ensino de Pedagogia, Metodologias ativas, Plataformas digitais

Resumo

Este artigo relata experiências pedagógicas remotas desenvolvidas na disciplina “Educação em Espaços não Escolares”, do curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade Dom Pedro II de Sergipe. Essas aulas foram decorrentes da suspensão das aulas presenciais, devido à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), causador da doença COVID-19. Focalizam-se práticas de ensino no Google Classroom e no Google Meet, inspiradas no desenvolvimento de operações mentais, baseadas na dialética e nas metodologias ativas da aprendizagem. Entre os resultados, podem-se destacar as significativas aprendizagens da professora e dos estudantes, os quais tiveram de se adequar a uma nova realidade não dimensionada. Os estudantes, fluentes digitais, apesar dos problemas de conexão com a internet, não obtiveram prejuízos cognitivos. Pode-se inferir, portanto, que houve tentativas de replicar o ensino presencial, porém as limitações da professora no tocante à utilização ampla das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC) ensejaram reflexões para melhoria das práticas futuras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Claudice Rocha Almeida, Faculdade Dom Pedro II de Sergipe, Lagarto, SE, Brasil.

Mestra em Educação (Universidade Federal de Sergipe). Licenciada em Pedagogia. Especialista em Mídias na Educação, Psicopedagogia Clinica e Institucional, Gestão e Planejamento Escolar. Atua como professora e coordenadora do NAPP na Faculdade Dom Pedro II de Sergipe. Assessora Técnica do Conselho Municipal de Educação de Lagarto. Estuda e pesquisa formação de professores e saberes docentes.

Referências

ALMEIDA, Maria Elizabeth Biancocini de; VALENTE, José Armando. Integração currículo e as tecnologias e a produção de narrativas digitais. Currículo sem Fronteiras, v. 12, n. 3, p. 57-82, set./dez. 2012. Disponível em: http://www.waltenomartins.com.br/pmd_aula1_art01.pdf. Acesso em: 10 mar. 2020.

ANASTASIOU, Lea das Graças Camargo; ALVES, Leobir Passate. (org.). Processo de Ensinagem na Universidade: pressupostos para estratégia de trabalho em aula. 10. ed. Santa Catarina: Editora UNIVILLE, 2015. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4101112/mod_resource/content/1/Anastasiou_Alves_ProcessosdeEnsinagem.pdf. Acesso em: 2 mar. 2017.

BASTOS, Celso da Cunha. Metodologias Ativas. 2006. Disponível em: http://educacaoemedicina.blogspot.com.br/2006/02/metodologias-ativas.html. Acesso em: 10 abr. 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 1/2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Conselho Nacional de Educação Conselho Pleno (CNE/CP). Brasília, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em: 23 nov. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 343/2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus – COVID-19. Diário Oficial da União, Brasília, 18 março 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-343-de-17-de-marco-de-2020-248564376. Acesso em: 20 mar. 2020.

DEWEY, John. Vida e Educação. São Paulo: Nacional, 1959.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

MORAN, José Manuel. Ensino e Aprendizagem inovadores com tecnologias auditivas e temáticas. In: MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos. T; BEHRENS, Marilda Aparecida. As novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus, 2000.

MORAN, José Manuel. Educação inovadora presencial e a distância. 2003. Disponível em: http://www.eca.usp.br/prof/moran/site/textos/tecnologias_eduacacao/inov.pdf. Acesso em: 5 abr. 2020.

MORAN, José Manuel. Metodologias ativas e modelos híbridos de educação. 2018. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wpcontent/uploads/2018/03/Metodologias_Ativas.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

MORAN, José Manuel et al. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 13. ed. Campinas: Papirus, 2007.

CORREIO BRASILIENSE. Entrevista José Manuel Moran. Brasília, 2014. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2014/01/Jos%C3%A9-Moran.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

MOREIRA, Marco Antônio. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária Ltda, 1999.

RATHS, Louis E. et al. Ensinar a pensar. 2. ed., São Paulo: EPU, 1977.

SILVERSTEIN, Shel. A Parte que Falta. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2018.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho professora: elementos para uma teoria da docência como profissão das interações humanas. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

Práticas pedagógicas mediadas por tecnologias digitais em período de pandemia

Downloads

Publicado

12-12-2020

Como Citar

ALMEIDA, M. C. R. Práticas pedagógicas mediadas por tecnologias digitais em período de pandemia. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 10, p. 1–20, 2020. DOI: 10.35699/2237-5864.2020.24827. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/24827. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Seção especial: docência no ensino superior em tempos de pandemia