Validação do instrumento de avaliação do conhecimento dos agentes comunitários de saúde sobre diabetes

Autores

  • Eduardo Maciel Cordeiro Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte, Belo Horizonte MG , Brasil, Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0003-3232-5128
  • Tatiana Teixeira de Miranda Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte, Belo Horizonte MG , Brasil, Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0002-7890-1664
  • Suzana Nunes Rabelo Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte, Belo Horizonte MG , Brasil, Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0003-1035-4825
  • Adriana Silvina Pagano Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Letras, Belo Horizonte MG , Brasil, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, Faculdade de Letras. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0002-3150-3503
  • Ilka Afonso Reis Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Estatística, Belo Horizonte MG , Brasil, UFMG, Departamento de Estatística. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0001-7199-8590
  • Heloisa de Carvalho Torres Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Enfermagem, Belo Horizonte MG , Brasil, UFMG, Escola de Enfermagem. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0001-5174-3937
  • Janice Sepúlveda Reis Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte, Belo Horizonte MG , Brasil, Santa Casa de Misericórdia, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte. Belo Horizonte, MG – Brasil. http://orcid.org/0000-0002-2465-862X

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2019.49759

Palavras-chave:

Diabetes Mellitus, Agentes Comunitários de Saúde, Inquéritos e Questionários, Estudos de validação

Resumo

Objetivo: elaborar, adequar culturalmente e validar o “conhecimento dos agentes comunitários de saúde (ACS) sobre diabetes” – diabetes-ACS – para avaliação do conhecimento dos ACS sobre diabetes mellitus. Métodos: estudo metodológico desenvolvido em três etapas: a) construção do instrumento; b) validação de conteúdo e adequação cultural com médicos de família e ACS, seguidas de avaliação das sugestões por comitê de especialistas; c) validação psicométrica do instrumento a partir de sua aplicação em uma amostra de 102 ACS, por meio da ferramenta e-Surv. As análises de consistência interna e reprodutibilidade foram realizadas no ambiente de programação estatística R. Resultados: o instrumento, constituído de 29 questões de múltipla escolha, apresentou consistência interna satisfatória, com alfa de Cronbach 0,732 (IC 95% 0,652; 0,802) e coeficiente de correlação intraclasse de 0,70 (IC 95% 0,59–0,79), entre os escores do teste e do reteste. Conclusão: considera-se adequado e validado o instrumento diabetes-ACS para avaliação de agentes comunitários de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

International Diabetes Federation (IDF). IDF Diabetes Atlas. 7th ed. 2015[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: https://www.idf.org/e-library/epidemiology-research/diabetes-atlas.html

Weber MA, Schiffrin EL, White WB, Mann S, Lindholm LH, Kenerson JG, et al. Clinical practice guidelines for the management of hypertension in the community a statement by the American Society of Hypertension and the International Society of Hypertension. J Clin Hypertens. 2014[citado em 2016 dez. 12];32(1):3-15. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/jch.12237

Costa JA, Balga RSM, Alfenas RCG, Cotta RMM. Health promotion and diabetes: discussing the adherence and motivation of diabetics that participate in health programs. Ciênc Saúde Colet. 2011[citado em 2016 dez. 12];16(3):2001-9. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011000300034&lng=en&nrm=iso&tlng=en

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus. Cad Atenção Básica. 2013[citado em 2016 dez. 12];36:160. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/caderno_36.pdf

Ministério da Saúde (BR). Lei n. 11.350, de 5 de Outubro de 2006. Regulamenta o § 5o do art. 198 da Constituição, dispõe sobre o aproveitamento de pessoal amparado pelo parágrafo único do art. 2o da Emenda Constitucional no 51, de 14 de fevereiro de 2006, e dá outras providências[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11350.htm

Waidman MA, Costa B, Paiano M. Community health agents’ perceptions and practice in mental health. Rev Esc Enferm USP. 2012[citado em 2016 dez. 12];46(5):1170-7. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23223734

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Memórias da saúde da família no Brasil. Brasília: Ministério da Saúde; 2010[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/memorias_saude_familia_brasil.pdf

Ministério da Saúde (BR). Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. O trabalho do agente comunitário de saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2009[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/manual_acs.pdf

Secretaria do Estado de Saúde (MG). Linha-guia de hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e doença renal crônica; 3: 200. 2013[citado em 2016 dez. 12]. Dispinível em: http://www.saude.mg.gov.br/sobre/publicacoes/linha-guia-e-manuais

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (MG). Protocolo de diabetes mellitus e atendimento em angiologia e cirurgia vascular. Belo Horizonte: PBH; 2011[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: https://prefeitura.pbh.gov.br/sites/default/files/estrutura-de-governo/saude/2018/documentos/publicacoes%20atencao%20saude/protocolo_diabetes_mellitus_atendimento_angiologia_vascular.pdf

Ministério da Saúde (BR). Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde; 2012[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/pnab.pdf

Ministério da Saúde (BR). Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia prático do agente comunitário de saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2009[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/guia_acs.pdf

Cronbach LJ. Coefficient alpha and the internal structure of tests. Psychometrika. 1951[citado em 2016 dez. 12];16:297-334. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/e985/ac2e151903000cac310ffbc5b2cb4fbb9dd5.pdf

Team RC. R: A language and environment for statistical computing. Vienna: R Foundation for Statistical Computing; 2016[citado em 2016 dez. 12]. Disponível em: https://www.r-project.org

Luppi I. Comentario a propósito de la presentación de la Dra. Elza Berquó. Reflexiones teórico metodológicas sobre la elaboración de cuestionarios de encuesta: una experiencia de integración de enfoques. Rev Bras Epidemiol. 2008[citado em 2016 dez. 12];11(1):90-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000500009&lng=pt&nrm=iso&tlng=es

Alexandre NMC, Coluci MZO. Content validity in the development and adaptation processes of measurement instruments. Ciênc Saúde Colet. 2011[citado em 2016 dez. 12];16(7):3061-8. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21808894

Braga CG, Cruz DALM. Psychometric contributions to the assessment of psychosocial responses in nursing. Rev Esc Enferm USP. 2006[citado em 2016 dez. 12];40(1):98-104. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342006000100014

Pasquali L. Psicometria. Rev Esc Enferm USP. 2009[citado em 2016 dez. 12];43:992-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v43nspe/a02v43ns.pdf

Reichenheim ME, Moraes CL. Operacionalização de adaptação transcultural de instrumentos de aferição usados em epidemiologia. Rev Saúde Pública. 2007[citado em 2016 dez. 12];41(4):665-73. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000400024&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Tavakol M, Dennick R. Making sense of Cronbach’s alpha. Int J Med Educ. 2011[citado em 2016 dez. 12];2:53-5. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4205511/

Borsa JC, Damásio BF, Bandeira DR. Adaptação e validação de instrumentos psicológicos entre culturas: algumas considerações. Paidéia. 2012[citado em 2016 dez. 12];22:423-32. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2012000300014

Publicado

20-12-2019

Como Citar

1.
Cordeiro EM, Miranda TT de, Rabelo SN, Pagano AS, Reis IA, Torres H de C, Reis JS. Validação do instrumento de avaliação do conhecimento dos agentes comunitários de saúde sobre diabetes. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 20º de dezembro de 2019 [citado 27º de maio de 2024];23(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/49759

Edição

Seção

Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)