A UTOPIA O MUNDO RESPLANDECENTE: UM MUNDUS INTELLECTUALIS

Autores

  • Milene Cristina da Silva Baldo

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2017.5022

Resumo

A utopia A Descrição de um Novo Mundo, chamado O Mundo Resplandecente, de 1666, é de autoria da filósofa natural e Duquesa de Newcastle Margaret Lucas Cavendish. Tal obra é considerada a primeira no gênero literário utópico escrita por uma mulher e apresenta a história do descobrimento de um novo mundo por um estrangeiro que, após atravessar os mares, ali desembarca. O Mundo Resplandecente possui uma organização das leis, do estado, da religião etc. que permite uma vida em perfeita harmonia. A intenção principal desse artigo é apresentar algumas observações sobre a estrutura utópica do texto, como o fato de que, diferentemente da estrutura paradigmática do texto de Thomas More, após sua chegada, o estrangeiro passa a interferir nesse mundo provocando-lhe mudanças substanciais. Também procuro apontar algumas das relações presentes entre a obra e outros textos contemporâneos, como os de Thomas Hobbes e de Francis Bacon, referências influentes para a construção do pensamento de Cavendish.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-07-28

Como Citar

DA SILVA BALDO, M. C. A UTOPIA O MUNDO RESPLANDECENTE: UM MUNDUS INTELLECTUALIS. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 2, n. 1, 2017. DOI: 10.35699/2525-8036.2017.5022. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/5022. Acesso em: 7 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê