Políticas da performatividade

a experiência da Praia da Estação em Belo Horizonte e a afirmação de um direito menor

Autores

  • Igor Viana Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2020.15143

Palavras-chave:

Praia da Estação, Performatividade, Espaço, Direito menor

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre o caráter performativo da política e do direito através da experiência da Praia da Estação em Belo Horizonte e em diálogo com Carla Rodrigues, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Igor Oliveira, Judith Butler e Thálita Motta. Essa experiência urbana é um evento artístico-cultural que ocorre desde 2010, transformando a praça central da capital de  Minas Gerais (um estado sem mar) em uma verdadeira praia. Ele surge após o Decreto nº 13.798/2009 do então prefeito Márcio Lacerda, proibindo a realização de eventos de qualquer natureza na Praça da Estação. Entendo que a Praia é um evento que celebra o poder performativo dos corpos de que nos fala Judith Butler. Corpos que colocam em ato o caráter público da praça e o direito à cidade no próprio ato de realizar sua manifestação. Dialogando também com a “literatura menor” de Deleuze e Guattari, essa dimensão performativa presentifica, ao meu ver, um devir minoritário do direito como tarefa do povo. Um direito menor capaz de constituir outros mundo possíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igor Viana, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando da Linha História, Poder e Liberdade da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais sob a orientação do Prof. Andityas Soares de Moura Costa Matos. Bolsista CAPES. Integra o Projeto Coletivo Filosofia do Poder e Pensamento Radical. Pesquisador Visitante na Universidade de Westminster. É autor do livro O espetáculo do gênero: uma cruzada no século XXI. É um dos coordenadores da Série Políticas da Performatividade, que reúne os livros: Conferências; Corpos e a Produção do Sensível; e Levantes e a Biopolítica.

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8132-1185

Referências

AUSTIN, John L. How to do things with words. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1992.

BROWN, Wendy. Undoing the demos: neoliberalism’s stealth revolution. Zone Books: New York, 2015.

BUTLER, Judith. Excitable speech: a politics of the performative. New York: Routledge, 1997.

BUTLER, Judith. Problemas de Gênero: feminismo e a subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

BUTLER, Judith. Relatar a si mesmo: crítica da violência ética. Trad.: Rogério Bettoni. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

BUTLER, Judith. Corpos em aliança e a política das ruas: notas para uma teoria performativa da assembleia. Trad.: Fernanda Siqueira Miguens. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2. Vol. 1. São Paulo: Editora 34, 2011.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2. Vol. 5. São Paulo: Editora 34, 2012.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Kafka: por uma literatura menor. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

DERRIDA, Jacques. Assinatura, acontecimento, contexto. In: Margens da Filosofia. Campinas: Papirus, 1991.

FRANZONI, Julia Ávila. O direito & o direito: estórias da Izidora contadas por uma fabulação jurídico-espacial. Belo Horizonte, Tese (doutorado), Universidade Federal de Minas Gerais, 2018.

MELO, Thálita Motta. Praia da Estação: carnavalização e performatividade. (Dissertação de Mestrado). Belo Horizonte: UFMG, Escola de Belas Artes, 2014.

OLIVEIRA, Igor Thiago Moreira. Uma “Praia” nas Alterosas, uma “antena parabólica” ativista: configurações contemporâneas da contestação social de jovens em Belo Horizonte (Dissertação de Mestrado). Belo Horizonte: UFMG, Faculdade de Educação, 2014.

PHILIPPOPOULOS-MIHALOPOULOS, Andreas. Spatial justice: body, lawscape, atmosphere. Routledge : New York, 2015.

REPOLÊS, Maria Fernanda Salcedo; et al. PARANGOLEI - como o espaço e o tempos revestem os sentidos de Constituição: delineamentos de pesquisa. In: CATTONI DE OLIVEIRA, Marcelo Andrade; et al (orgs.). Corpos e a Produção do Sensível. Belo Horizonte: Conhecimento Livraria e Distribuidora, 2019 (Série Políticas da Performatividade).

RODRIGUES, Carla. Três tempos da performatividade em Butler. In: CATTONI DE OLIVEIRA, Marcelo Andrade; VIANA, Igor Campos. Conferências. Belo Horizonte: Conhecimento Livraria e Distribuidora, 2019 (Série Políticas da Performatividade).

Downloads

Publicado

2020-06-03

Como Citar

VIANA, I. Políticas da performatividade: a experiência da Praia da Estação em Belo Horizonte e a afirmação de um direito menor . Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 5, n. 1, p. 1–15, 2020. DOI: 10.35699/2525-8036.2020.15143. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/e15143. Acesso em: 17 maio. 2022.