Arena da Cultura

Por uma metodologia inclusiva para a formação em dança

Autores

Palavras-chave:

Formação em dança, Arena da Cultura, Diversidade

Resumo

Criado pela Prefeitura de Belo Horizonte, em 1998, o Arena da Cultura configura-se como política pública descentralizada que abarca distintas linguagens artísticas e objetiva salvaguardar o direito cultural. Seus/suas professores/as de dança tem como desafio consolidar uma metodologia de ensinoaprendizagem consonante com tal objetivo e com um público diverso em termos de faixas etárias, nível sociocultural e econômico, escolaridade, experiências prévias no campo das artes e da cultura, expectativas pessoais. Por meio de entrevistas, pesquisa documental e revisão da literatura, apresentamos uma reflexão acerca da construção de uma abordagem metodológica inclusiva que responda a esse desafio.

Biografia do Autor

Márcia Regina Fabiano Neves, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Brasil

Discente do Programa de Pós-graduação em Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Mônica Medeiros Ribeiro, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Brasil

Doutora em  Artes. Atriz, dançarina e professora da Pós Graduação em Artes e da Graduação em Teatro da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. Coordenadora Adjunta do Grupo de Pesquisa CRIA: Artes e Transdiciplinaridade (CNPq).

Referências

AUGUSTO, Sônia Maria. Belo Horizonte, Brasil, 07 mar. 2017. Entrevista concedida a Márcia F. Neves. AU, Susan. A most obedient servant. In: ______. Ballet and modern dance. London: Thomas & Hudson, 2006, p. 10-21.

BENTIVOGLIO, Leonetta. La danza contemporanea. Milano: Longanesi& C, 1985. 303 p.

CHAUÍ, Marilena. Cultura e democracia. Crítica y emancipación: Revista latinoamericana de

Ciencias Sociales, Buenos Aires, ano 1, no. 1, p. 53-76, jun. 2008. Disponível em: <http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/secret/CyE/cye3S2a.pdf>. Acesso em: 11 maio

______________. Cultura política e política cultural. Estudos Avançados, São Paulo, v. 9, n. 23, p. 71-84, 1995. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/8848>. Acesso em: 24 sep. 2017.

CHRISTÓFARO, Gabriela C. Belo Horizonte, Brasil, 1° set. 2017. Entrevista concedida a Márcia F. Neves.

DINIS, Marise et al. Relatório de reuniões preparatórias para Seminário Arena da Cultura 2014: Área de Dança. Belo Horizonte: Fundação Municipal de Cultura – Programa de Formação Artística e Cultural Arena da Cultura, 2014. 9 p. (Relatório. Não publicado.)

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 51ª. ed. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 2015. 143 p.

______ . Pedagogia do oprimido. 64ª ed. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 2017. 256 p.

HEIDEMPERGHER, Mara. “Arena da Cultura”: Una prática di cittadinanza attiva a Belo Horizonte. 2008/2009. Tesi di laurea - Corso di Laurea Specialistica in Discipline Teatrali, Facoltà di Lettere e Filosofia, Alma MaterStudiorum - Universitàdi Bologna. Bologna. 2009.

HISSA, Cássio Eduardo Viana; RIBEIRO, Mônica Medeiros. Saber Sentido. Conceição Conception, [S.l.], v. 6, n. 2, p. 90-109, dez. 2017. ISSN 2317-5737. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conce/article/view/8648656>. Acesso em:

jun. 2018.

KATZ, Helena. O Corpo que dança. In: NATALE, Edson. Guia brasileiro de produção cultural

São Paulo: Natale MPA, 2001, p. 88-92. Disponível em: <http://www.helenakatz.pro.br/

midia/helenakatz91313682927.pdf>. Acesso em: 8 jun. 2018.

LARROSA, Jorge. Tremores: escritos sobre experiência. Tradução Cristina Antunes; João

Wanderley Geraldi. 1a ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016. 174 p. (Coleção Educação Experiência e Sentido)

MATA MACHADO, Bernardo da. Belo Horizonte, Belo Horizonte, Brasil, 10 jun. 2017. Entrevista concedida a Márcia F. Neves.

NEVES, Márcia F.. A criação em dança e a impulsão da autonomia no Arena da Cultura. 2018. 148 f. Dissertação (Mestrado em Artes) – Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

NEVES, Márcia F.. Paulo Freire, dança, ensino de dança: entrecruzamentos possíveis. SEPOGA, Brasil, dez. 2016. Disponível em: <https://www.eba.ufmg.br/pos/sepoga/index.php/sepoga/sepoga16/paper/view/47/47>. Acesso em: 21 fev. 2018.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação. 28ª ed. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 1977, 186 p.

RANCIÈRE, Jacques. O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual. Tradução Lilian Vale. Belo Horizonte: Autêntica, 2002. 143 p.

VIANNA, Klauss; CARVALHO, Marco Antônio. A dança. São Paulo: Summus, 2008. 140 p.

Downloads

Publicado

2018-11-29

Como Citar

NEVES, M. R. F.; RIBEIRO, M. M. Arena da Cultura: Por uma metodologia inclusiva para a formação em dança. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 8, n. 16, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15596. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática