QUANDO O TEMPO SE DETÉM E O TEMPO SE EXTINGUE...TANGE O SINO

WHEN TIME STOPS AND TIME IS NEVER ENDING... CLANGS THE BELL

Autores

  • Mauro Rodrigues Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil

Palavras-chave:

presença, automatismo, fluxo

Resumo

O texto investiga uma possível conciliação entre presença e automatismo, e no decurso desse processo, a possibilidade de entrar em contato com um “fluxo” sem nome e sem forma. Uma pergunta aberta. Dentre as atividades humanas as “Artes da Performance” poderiam ser um local para essa busca. Como ilustração desse processo o texto apresenta um trabalho de campo de cunho autoetnográfico, desenvolvido durante a residência em arte “Caminhos do Silêncio”, coordenada pelo ator e diretor François Kahn.

Biografia do Autor

Mauro Rodrigues, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil

Compositor, arranjador, instrumentista e produtor musical. Doutor em Artes pela UFMG. Professor na Escola de Música da UFMG.

Referências

BERGSON, Henri. Matéria e Memória, ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

BLANCO, Mercedes. ¿Autobiografía o autoetnografía?Desacatos, México, núm.38, p.168-179, enero-abril de 2012. Disponível em: <http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S140592742012000100012> Acesso em: 20 de junho de 2017

BROOK, Peter. A Porta Aberta. Rio de Janeiro: Editora Civilização, 2010.

BROOK, Peter. Avec Grotowski. Brasília: Teatro Calendoscópio, 2011.

CARLSON, Marvin. Performance, uma introdução crítica. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

DENSHIRE, Sally. Autoethnography. Sociopedia.isa, Austrália, p.1-12, 2013. Disponível em: <https://researchoutput.csu.edu.au/en/publications/autoethnography> Acesso em: 20 de junho de 2017.

ELLIS, Carolyn, ADANS, Tony E., BOCHENER, Arthur P. Autoetnografía: Un Panorama. Astrolábio, Barcelona, núm 14, p. 249-273, marzo 2015. Disponível em: <https://revistas.unc.edu.ar/index.php/astrolabio/article/viewFile/11626/12041> Acesso em: 20 jun 2017.

ELIOT, T.S. Quatro Quartetos. Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira S.A, 1967.

GENNEP, Arnold Van. Os Ritos de Passagem. Petrópolis: Editora Vozes, 2011.

GROTOWSKI, Jerzy. Farsa-Misterium. In: FLASZEN, Ludwik; POLLASTRELLI, Carla; MOLINARI, Renata. O Teatro Laboratório de Jersy Grotowski 1959-1969. São Paulo: editora Perspectiva e Edições SESCSP, 2007, 40-47.

GURDJIEFF, Gueorgui Ivanovich apud OUSPENSKY, Piotr Damianovich. Fragmentos de um Ensinamento Desconhecido, 14 edição. São Paulo: Editora Pensamento, 2006.

HAWLEY, Jack. O Bhagavad Gita. São Paulo: Editora Horus, 2011.

MATURANA, Humberto e VARELA, Francisco. A Árvore do Conhecimento. São Paulo: Palas Athena, 2001.

SALZMANN, Jeanne. La Realidad del Ser - El Cuarto Camino de Gurdjieff. Caracas: Editorial Ganesha, 2011.

SCHECHNER, Richard. Performance Theory. Londres and New York: Routledge, 2010.

TURNER, Victor. From Ritual to Theatre, the human seriouness of play. New York: Paj Publications, 1982.

Downloads

Publicado

2018-05-27

Como Citar

RODRIGUES, M. QUANDO O TEMPO SE DETÉM E O TEMPO SE EXTINGUE...TANGE O SINO: WHEN TIME STOPS AND TIME IS NEVER ENDING... CLANGS THE BELL. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, p. 332–346, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15624. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê