O CICLO DESTRUIÇÃO/CRIAÇÃO NO CINEMA

Autores

  • José Ricardo da Costa Miranda Junior Centro Universitário UNA, Brasil

Palavras-chave:

Aura, memória, cinema, fascismo, arte, dano fílmico.

Resumo

Poderia o próprio "ciclo de vida" da película cinematográfica libertá-la de condição de objeto “não-aurático”? O status do elemento fílmico se alterou desde que Walter Benjamin escreveu seu célebre ensaio “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica”. À partir dos princípios enumerados pelo autor, demonstraremos como o filme pode hoje ser considerado dotado de aura. Essas questões serão aboradas à luz dos contextos políticos do período em que Benjamin produz seu texto, e revistos pela ótica de Pier Paolo Pasolini e George Didi-Huberman, pensadores do cinema e das artes em geral.

Biografia do Autor

José Ricardo da Costa Miranda Junior, Centro Universitário UNA, Brasil

Crítico, roteirista e diretor de obras audiovisuais. Doutor em Artes no Programa de Pós-graduação em Artes da UFMG. Professor do Centro Universitário UNA.

Referências

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. Editora – São Paulo: brasiliense, 1994.

BUARQUE, Marco Dreer. A experiência com restauração de filmes no brasil. Disponível em: < http://cpdoc.fgv.br/mosaico/?q=artigo/experi%C3%AAncia-com-restaura%C3%A7%C3%A3o-de-filmes-no-brasil>

CHERCHI USAI, Paolo. Burning passions: An introduction to the study of silent cinema. British Film Inst. (BFI), London. 1994.

CHERCHI USAI, Paolo. The Death of Cinema, History, Cultural Memory and the Digital Dark Age, Londres, British Film Institute. 2001.

DAFEN VILLAGE ONLINE. Disponível em: < http://www.dafenvillageonline.com/>Acessado em 20 de novembro de 2013.

DIDI-HUBERMAN, Georges. A sobrevivência dos vaga-lumes. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

DURAS, Marguerite. O amante. Rio de Janeiro: Cosac-Naify. [s/d].

HEDIGER, Vinzenz. The Original is Always Lost Film History, Copyright Industries and the Problem of Reconstruction, p. 135-149. Cinephilia. [s/d].

HIGHSMITH, Patrícia. Nada é o que parece ser: Contos dispersos de Patricia Highsmith. Editora Arx, 2015.

HOTTE, Georg; et. al. (orgs). Limiares e passagens em Walter Benjamin. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

NAZARIO, Luiz. Todos os corpos de Pasolini. Editora Perspectiva, 2007.

OTTE, George; SEDLMAYER, Sabrina; CORNELSEN, Elcio. Limiares e passagens em Walter Benjamin. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

JANZ, Rolf-Peter. Ausente e presente: Sobre o paradoxo da aura e do vestígio. In: SEDLMAYER, Sabrina; GINZBURG, Jaime (Orgs.). Walter Benjamin: Rastro, aura e história. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, p. 171-189.

LÖWY, Michael. Walter Benjamin – Aviso de Incêndio. São Paulo: Boitempo, 2005.

Downloads

Publicado

2016-11-01

Como Citar

MIRANDA JUNIOR, J. R. da C. O CICLO DESTRUIÇÃO/CRIAÇÃO NO CINEMA. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], p. 143–156, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15744. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática