A metodologia colaborativa em artes visuais como processo poético

Autores

  • Claudia Vicari Zanatta Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2019.16122

Palavras-chave:

Arte, Colaboração, Poética

Resumo

O artigo propõe uma breve análise sobre práticas colaborativas e seus processos a partir dos exemplos de propostas dos artistas Francis Alys, Santiago Sierra e do grupo Frente 3 de Fevereiro. São enfocados alguns aspectos dos processos colaborativos articulados por tais propostas e, a partir deles, se diferencia prática colaborativa de criação colaborativa. Além disso, propõe-se a metodologia colaborativa como um processo
poético.

Biografia do Autor

Claudia Vicari Zanatta, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil

Professora do Departamento de Artes Visuais e PPGAV, UFRGS.

Referências

ALBUQUERQUE, Fernanda. Troca, soma de Troca, soma de esforços, atitude crítica e proposição: uma reflexão sobre os coletivos de artistas no Brasil (1995 a 2005). Orientadora: Profa. Dra. Blanca Brites. 2006. 273 f. Dissertação (Mestrado em Poéticas Visuais) – Instituto de Artes, Univesidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

ALŸS, Francis. Numa dada situação / In a given situation. São Paulo: Cosac Naify, 2010.

BAXANDALL, Michael. O olhar Renascente - Pintura e Experiência Social da Itália da Renascença. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

BECKER, Howard S. Art Worlds. Los Angeles, London: University of California Press, 1982.

BOURRIAUD, Nicolas. Estética relacional. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

FRENTE 3 DE FEVEREIRO. Zumbi somos nós: cartografia do racismo para o jovem urbano. São Paulo: Programa de Valorização de Iniciativas Culturais; VAI, 2006.

IRAIZOZ, A. Metrópolis: Santiago Sierra. Madrid: RTVE, 2004. Disponível em: ttp://www.rtve.es/alacarta/videos/metropolis/metrpolis-santiago-sierra/945193/. Acesso em: 14 mar. 2019.

KESTER, Grant. The One and The Many. Contemporary Collaborative art in a Global Context. London: Duke University Press, 2011.

KESTER, Grant. Collaboration, Art and Subcultures. 2006. Disponível em versão inglêsportuguês em:

http://communitybasedpractices.pbworks.com/f/Kestercollaboration_art_and_subcultures.pdf. Acesso em: 20 abr. 2019.

LIMA, Daniel Correia Ferreira. Nós: microcrises. Orientadora: Suely Belinha Rolnik. 2011. 124 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2011.

MESQUITA, André. Insurgências poéticas: arte ativista e ação coletiva (1990-2000). São Paulo: Annablume-Fapesp, 2011.

MIRANDA, Fernando. De lo expositivo a la acción pedagógica. In: AAVV. Colaboración. El ojo colectivo. Formas de Hacer Coletivo. Montevidéo, Alonso + cracioun (ed). 2014.

PAIM, Cláudia. Táticas de Artistas na América Latina. Coletivos, iniciativas coletivas e espaços autogestionados. Porto Alegre: Ed. Panorama Crítico, 2012.

Downloads

Publicado

2019-11-22

Como Citar

ZANATTA, C. V. A metodologia colaborativa em artes visuais como processo poético. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 9, n. 18, p. 198–210, 2019. DOI: 10.35699/2237-5864.2019.16122. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/16122. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática