O professor-viado em sala de aula

cartas sobre o ofício de professor(a) de teatro na escola

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2023.41706

Palavras-chave:

Pedagogia das Artes Cênicas, Teatro na Educação, Escola, Diálogo epistolar, Professor LGBTQIA +

Resumo

Este texto ensaístico apresenta parte de uma pesquisa realizada acerca do tema do ofício do professor de teatro, focalizando o professor-viado em sala de aula. Trata-se de um recorte do trabalho de conclusão de curso do autor, orientado pela autora, materializando- se em um diálogo epistolar e pedagógico entre dois professores de teatro, um recém- formado e outro professor universitário, considerado inspirador no caminho de formação do autor. O formato epistolar, alinhado ao método cartográfico (MATTAR, 2017), ajudou a abrir espaço para pensar sobre o impacto da figura de um professor LGBTQIA+ à frente de processos artístico-pedagógicos em teatro na escola desescolarizada contemporânea (MASSCHELEIN; SIMONS, 2021). Em diálogo com autores(as) como Freire (2019), Larrosa (2017, 2019), Louro (2003), Masschelein e Simons (2021), é refletido sobre essas temáticas e finaliza-se colocando outras questões urgentes a serem confrontadas, ampliando a discussão.

Biografia do Autor

Túlio Fernandes Silveira, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

É professor de teatro, pesquisador, ator e produtor cultural. Mestrando em Artes Cênicas no Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), na linha de pesquisa Pedagogia das Artes Cênicas. Graduado em Licenciatura em Teatro pela mesma universidade. Desenvolve pesquisa (em andamento) na área de Teatro na Escola com ênfase nas juventudes do Ensino Médio, com orientação da Profa. Dra. Heloise Baurich Vidor.

Heloise Baurich Vidor, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Heloise Baurich Vidor é atriz e professora associada do Departamento de Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Florianópolis/SC, Brasil. Desenvolve pesquisa na área da Pedagogia das Artes Cênicas e atua como docente na Licenciatura em Teatro, no Programa de Mestrado Profissional em Artes/Profartes e no Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas/PPGAC.

Referências

ACOSTA, Alicia; AMAVISCA, Luis. Viva as unhas coloridas! Ilustrações de Gusti. Tradução Livia Deorsola. Ubatuba: Livros da Raposa Vermelha, 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 59. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz & Terra, 2019.

LARROSA, Jorge (org.). Elogio da escola. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

LARROSA, Jorge; RECHIA, Karen; CUBAS, Caroline. Elogio do professor. Belo Horizonte: Autêntica, 2021.

LARROSA, Jorge. Esperando não se sabe o quê: sobre o ofício de professor. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

LOURO, Guacira Lopes. Teoria Queer: uma política pós-identitária para a educação. Estudos Feministas, ano 9, p. 541-553, 2º Semestre 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ref/a/64NPxWpgVkT9BXvLXvTvHMr/?lang=pt&format=pdf. Acesso: 19 set. 2022.

MARQUES, L. J.; CONCILIO, V.; SILVEIRA, T. F.; MACHADO, F. O Teatro entre as grades do patriarcado: privação de liberdade e de experiências em uma prática no regime socioeducativo. Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 39, p. 1-22, 2020. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18833. Acesso em: 11 jun. 2022.

MASSCHELEIN, Jan; SIMONS, Maarten. Em defesa da escola: uma questão pública. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2021.

MASSCHELEIN, Jan; SIMONS, Maarten. Experiências escolares: uma tentativa de encontrar uma voz pedagógica. In: LARROSA, Jorge (org.). Elogio da escola. Belo Horizonte: Autêntica, 2017. p. 41-63.

MATTAR, Sumaya. O ato cartográfico na docência da arte: instaurando estados criativos de experimentação. In: Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, 26o, 2017, Campinas. Anais do 26° Encontro da Anpap. Campinas: Pontifícia Universidade Católica de Campinas, p. 3277-3291, 2017.

RANCIERE, J. The Ignorant Schoolmastel: Five Lessons in Intellectual Emancipation. Stanford: Stanford University Press, 1991.

SILVEIRA, T. F. Em combate a LGBTfobia: um processo de teatro-fórum conduzido por Marcia Pompeo. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 23, n. 1, p. 75-101, 2020. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/17538. Acesso em: 11 jun. 2022.

SPOLIN, Viola. Improvisação para o Teatro. 6. ed. São Paulo: Perspectiva, 2015.

VIDARTE, Paco. Ética bixa: proclamações libertárias para uma militância LGBTQ. São Paulo: N-1 edições, 2019.

Downloads

Publicado

2023-04-06

Como Citar

SILVEIRA, T. F.; VIDOR, H. B. O professor-viado em sala de aula: cartas sobre o ofício de professor(a) de teatro na escola. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 13, n. 27, p. 219–247, 2023. DOI: 10.35699/2237-5864.2023.41706. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/41706. Acesso em: 22 abr. 2024.