Manifesto Bichos da Luz

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2023.41818

Palavras-chave:

Escuro, Bichos, Luz, Fotografia, Imagem

Resumo

Impessoais, indiscerníveis, impensados, instáveis, incertos, inconsequentes, delirantes, desviantes. Podem tentar à vontade, mas nunca conseguirão nos definir, somos Bichos da Luz. Aparecemos e desaparecemos de maneiras diferentes, brincando com conexões e desconexões entre as coisas, entre a linguagem visual e a linguagem escrita, colocando tudo em questão. Este ensaio visual é um convite para adentrar um escuro de possibilidades, dúvidas, imaginação, transformação e criação.

Biografia do Autor

Édio Raniere da Silva, Universidade Federal de Pelotas: Pelotas, RS, BR

Coordenador do Laboratório de Arte e Psicologia Social - LAPSO
Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais - PPGAVI UFPel Professor Adjunto do Curso de Psicologia da UFPel

Referências

DELEUZE, Gilles. Francis Bacon: Lógica da Sensação. Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Sobrevivência dos vaga-lumes. Belo Horizonte: Ufmg, 2011.

Downloads

Publicado

2023-04-06

Como Citar

CURTI, D.; RANIERE DA SILVA, Édio. Manifesto Bichos da Luz. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 13, n. 27, p. 440–451, 2023. DOI: 10.35699/2237-5864.2023.41818. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/41818. Acesso em: 14 jul. 2024.