Esta é uma versão desatualizada publicada em 2024-03-27. Leia a versão mais recente.

Improvisação e encarnação no Les Copiaus de Jacques Copeau

o jogo infantil, o ator e o transe

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2238-2046.2023.42741

Palavras-chave:

Jacques Copeau, Jogo infantil, Encarnação, Improvisação, Transe

Resumo

O artigo identifica as origens das noções de improvisação e de encarnação tais como elasforam propostas por Jacques Copeau ao grupo Les Copiaus. Evidenciam-se as críticas deCopeau aos modos de se fazer e de se aprender teatro na França do início do século XX,as observações do diretor-pedagogo sobre os jogos infantis de seus filhos e as ligaçõesentre algumas dinâmicas destes e aquelas contidas nas práticas do Les Copiaus, dando-seespecial atenção à ideia de transe. Conclui-se que o jogo infantil lançou as bases para umaimprovisação imersiva nos Copiaus,bem como contribuiu para o entendimento de que umpersonagem dramático pode prescindir de um texto teatral dado a priori, fundamento queinfluencia práticas teatrais até os dias de hoje.

Biografia do Autor

Rodrigo Cardoso Scalari, Université Paris 3 - Sorbonne Nouvelle

Rodrigo Cardoso Scalari é ator, pesquisador e professor de teatro. Doutor em Estudos Teatrais pela Université Sorbonne Nouvelle - Paris III (FR), com suporte da Bolsa de Doutorado Pleno no Exterior da CAPES. Mestre em Teatro pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/Brasil), com suporte da Bolsa de Mestrado FAPESP. Graduado em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS/Brasil). Na École Philippe Gaulier (FR), estudou estilos de atuação: Le Jeu, Máscara Neutra, Tragédia Grega, Máscaras Larvárias, Commedia dell’Arte, Personagens, Melodrama, Shakespeare/Tchekhov, Bufão e Clown. Interessa-se em especial por discussões em torno da formação, do treinamento e da direção do ator.

Referências

ARTAUD, Antonin. O Teatro e seu Duplo. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

BORBA, Patrícia de. Aspectos da improvisação teatral na França. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, v. 2, n. 13, p. 113-121, 2009.

CHANCEREL, Leon. Les Copiaus. Jeux, tréteaux et personnages (Cahiers d’art dramatique), Paris, 1ère année, v.1, n. 1, p. 13-17, 1930.

COPEAU, Jacques. Registres I: Appels. Paris: Gallimard, 1974. (coll. Pratique du Théâtre).

COPEAU, Jacques. Registres ll, Molière. Paris: Gallimard, 1976. (coll. Pratique du théâtre).

COPEAU, Jacques. Registres III, Les Registres du Vieux-Colombier, 1. Paris: Gallimard, 1979. (coll. Pratique du théâtre).

COPEAU, Jacques. Registres IV. Les Registres du Vieux-Colombier, 2: America. Paris: Gallimard, 1984. (coll. Pratique du théâtre).

COPEAU, Jacques. Registres VI, L’École du Vieux-Colombier. Paris: Gallimard, 1999. (coll. Pratique du théâtre).

COPEAU, Jacques. Fonds Copeau: 7 Boîtes non cataloguées concernant l’École du Vieux Colombier. Paris: Bibliothèque Nationale de France, s/d.

DOYON, Raphaëlle. Suzanne Bing, collaboratrice de Jacques Copeau: enquête sur la constitution d’un patrimoine théâtral. In: GARRIC, J.-P. (ed.). La construction des patrimoines en question(s): Contextes, acteurs, processus. Création, Arts et Patrimoines. Paris: Éditions de la Sorbonne, 2019. p. 9-42.

FALEIRO, José Ronaldo. Ginástica & jogo entre os primeiros alunos de copeau. In: CONGRESSO ABRACE, 5., 2008, Belo Horizonte. Anais [...]. Belo Horizonte: [s. n.], 2008.

FALEIRO, José Ronaldo; GIANNETTI, Gabriela; BERTOLI, Naiara. Sobre a poética da atuação em Jacques Copeau. DAPesquisa, v. 4, n. 6, p. 163-169, 2009.

FREIXE, Guy. La filiation Copeau, Lecoq, Mnouchkine: une lignée du jeu de l’acteur. Lavérune: Éditions l’Entretemps, 2014.

FREIXE, Guy. A improvisação e o jogo com máscara na formação do ator. Cena, Porto Alegre, n. 23, p. 184-193, nov. 2017.

FREIXE, Guy. Les utopies du masque sur les scènes européennes du XXe siècle. Montpellier: l’Entretemps éd, 2010.

ICLE, Gilberto. Pedagogia Teatral como cuidado de si. São Paulo: Baraúna, 2010.

ICLE, Gilberto. O Ator como Xamã: configurações da consciência no sujeito extracotidiano. São Paulo: Perspectiva, 2006.

JAVIER, Francisco. Jacques Copeau e a America Latina. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, v. 1, n. 1, p. 45-52, 1997.

MIGLIONICO, Marco. Il progetto educativo del teatro di Jacques Copeau e l’Educazione alla Teatralitá. Arona: Editore XY.IT, 2009.

MISTRIK, Miloš. Les Copiaus sans Copeau. In: VILLARD-GILLES, Jean; SAINT-DENIS, Michel. Jacques Copeau, hier et aujourd’hui. Bratislava/Paris: Veda: les Éditions de l’Amandier, 2014. p. 94-128.

OLIVA, Gaetano. Educazione alla Teatralità: Il gioco drammatico. Arona: Editore XY.IT srl, 2010.

PRÉNAT, Jacques. Visite à Copeau. Latinité, p. 377‑400, 1930.

RIECHEL, Juliana; SOLER, Nathalie; FALEIRO, José Ronaldo. Jacques Copeau e sua influência na EAD e no moderno teatro brasileiro. DAPesquisa, Florianópolis, v. 5, n. 7, p. 92–102, 2018. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/14077. Acesso em: 6 nov. 2023.

SCALARI, Rodrigo. Jacques Copeau in tune with romanticism, hand in hand with Rousseau: from the myth of child’s innocence to the problems of actor’s consciousness. Theatre, Dance and Performance Training, 2023a. DOI: https://doi.org/10.1080/19443927.2023.2253189.

SCALARI, Rodrigo. A criança como modelo na pedagogia do Clown: em Jacques Copeau, Jacques Lecoq e Philippe Gaulier. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 47, jul. 2023b. DOI: http:/dx.doi.org/10.5965/1414573102472023e0104.

SCALARI, Rodrigo. Laboratórios da Infância de Copeau e Bing: um grupo de crianças, embrião da École du Vieux Colombier. Revista Brasileira de Estudos da Presença, v. 13, n. 1, p. 1-28, 2022a. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/123673. Acesso em: 24 out. 2023.

SCALARI, Rodrigo. Jacques Copeau e o instinto dramático da criança. Sala Preta, v. 21, n. 2, p. 49-65, 2022b. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v21i2p49-65.

SCALARI, Rodrigo Cardoso. Copeau e os laboratórios da infância: as brincadeiras de seus filhos, ou, melhor dizendo, le tout rond. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 44, set. 2022c. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/21895/14789. Acesso em: 24 out. 2023.

SCALARI, Rodrigo. Quando o teatro encontra a infância: contribuições da Children’s School à pedagogia do ator na École du Vieux-Colombier. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 11, n. 23, p. 159-174, 2021a. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/32946. Acesso em: 24 out. 2023.

SCALARI, Rodrigo. L’enfant comme modèle dans la pédagogie théâtrale. Dans les approches de Jacques Copeau, Jacques Lecoq et Philippe Gaulier. 2021. Thèse (Doctorat en Études théâtrales) – Sorbonne Nouvelle Paris 3, Paris, 2021b.

SCHECHNER, Richard. Between theater and antropology. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1985.

Downloads

Publicado

2023-12-18 — Atualizado em 2024-03-27

Versões

Como Citar

SCALARI, R. C. Improvisação e encarnação no Les Copiaus de Jacques Copeau: o jogo infantil, o ator e o transe. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 13, n. 29, p. 216–235, 2024. DOI: 10.35699/2238-2046.2023.42741. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/42741. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Seção aberta