Crise na academia e avanço das pseudociências

a divulgação científica como tentativa de solução nos EUA.

  • César Haueisen Zimerer Perpétuo Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

O objetivo do artigo será o de realizar um estudo acerca da história da divulgação científica entre a segunda metade do século XX e o início do século XXI nos Estados Unidos, focando na produção intelectual dos autores mais importantes do período e mostrando como ele pode ser dividido em duas fases: a primeira seria marcada pela tentativa de aproximação da ciência com o público leigo através da crítica à pseudociência e a segunda marcada pelo movimento neoateista que surgiu a partir dos eventos que levaram à queda das torres gêmeas no dia 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. Para realizar essa discussão, o objetivo é mostrar como as proposições dos principais divulgadores científicos estadunidenses acabam por dialogar com ideias sobre verdade, poder, conhecimento e discurso, e como essa divulgação científica pode ser uma resposta encontrada por cientistas para resolver as anomalias de uma crise que vem afetando a academia.

Palavras-chave: Pseudociência; crise; divulgação científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Haueisen Zimerer Perpétuo, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestre em História pela UFES

Membro do Lethis

Especialização em Teoria e Historiografia norte-americana.

Publicado
2020-01-31