Notícias

CHAMADA DE TRABALHOS NOVO DOSSIÊ TEMÁTICO!
DOSSIÊ 33: "História e ciência em tempos de pandemia: reflexões e perspectivas"
 
Fonte imagem: https://www.brasil247.com/blog/caes-e-gatos-usavam-mascaras-durante-a-gripe-espanhola-e-agora-devem
 
 
 
 
A Revista Temporalidades, Revista Discente do Programa de Pós-Graduação em História da UFMG (ISSN 1984-6150), convida à participação no Dossiê temático "História e ciência em tempos de pandemia: reflexões e perspectivas"
“Belo Horizonte se inspira na gripe espanhola e cerca o covid-19”
- Reportagem do periódico digital “Jornalistas Livres” (assinada por Aloisio Morais)
Qual o papel da história diante de uma crise sanitária global? As definições de “saúde”, “doença”, “cura”, “remédio”, estão em constante mudança e refletem aspectos culturais, sociais, políticos e econômicos de uma comunidade. Esses conceitos são determinantes para as decisões governamentais sobre políticas públicas e mostram-se ainda mais cruciais em períodos de crise. A pandemia do novo coronavírus gerou, e continua gerando, consequências em diversas áreas da vida humana, exigindo adaptações a essa nova realidade. Os olhos do mundo voltaram-se às ciências, cobrando respostas e direções a se tomar para combater o vírus. Entretanto, em meio a um período de crescimento de movimentos “anti científicos”, destacam-se também alguns líderes mundiais que questionam a legitimidade do discurso médico e científico que alerta para a gravidade da situação e para a necessidade de tomada de medidas drásticas e urgentes.
A história, em diálogo com as demais áreas de estudo das humanidades, ganha notoriedade nesse contexto, a serviço de sociedades que buscam entender como a humanidade lidou com crises sanitárias no passado. Quais foram os processos que conferiram protagonismo a determinados atores no presente, como os órgãos governamentais de saúde pública, a indústria farmacêutica, a Organização Mundial de Saúde, entre outros? Quais foram as rupturas e continuidades na legitimidade e no lugar ocupado pelas ciências perante as sociedades ao longo do tempo? Quem são os grupos historicamente mais afetados por problemas de saúde pública? De que forma as diferenças históricas entre o Norte Global e o Sul Global influenciam sua relação com a doença, a saúde e a cura?
Diante de tais questionamentos, a Revista Temporalidades convida autoras e autores de diversos campos de estudo a construírem artigos que discutam as temáticas acima citadas.
Nesta chamada, privilegiamos trabalhos nos seguintes eixos temáticos:
História das Ciências da Saúde;
História da Saúde Pública;
História das Doenças;
História das Ciências Médicas;
História da Alimentação e das Drogas;
História Ciência e da Técnica;
História Global;
História Ambiental;
Demais trabalhos de História e Historiografia da Ciência alinhados à temática proposta.
 
Prazo para envio das submissões: 05 de julho de 2020
 
Vale lembrar que, além de artigos destinados ao Dossiê – que deverão ser enviados até o dia 05/07/2020 – a Temporalidades aceita artigos livres, resenhas e transcrições documentais comentadas em fluxo contínuo.
 
Acesse a plataforma OJS - SEER no endereço https://periodicos.ufmg.br/index.php/temporalidades/index para submeter o seu trabalho.
 
 
 
 
Comissão editorial:
Anna Karolina Vilela Siqueira
Bárbara De La Rosa Elia
Carla Drielly dos Santos Teixeira
Felipe Augusto Souza
Luiza Lima Dias
Régis Clemente Quintão
Samuel Antunes de Sousa