O século XX e suas razões

Carl Sagan, Thomas Kuhn e Paul Feyerabend e suas distintas visões sobre o conhecimento científico

  • Alice Fernandes Freyesleben Universidade Federal do Paraná

Resumo

O presente artigo busca identificar as algumas das concepções sobre a ciência sustentadas pelo astrofísico norte-americano, Carl Sagan (1934-1996). A proposta é analisar trechos de obras de divulgação científica populares que evidenciem a visão do autor sobre o que constitui a ciência, qual sua função e objetivos. Para isso, as posições de Sagan serão cotejadas com as ideias expostas no panfleto A concepção científica do mundo, publicado pelo grupo de intelectuais chamado Círculo de Viena, em razão da influência que esse texto exerceu nos debates sobre a ciência na primeira metade do século XX. Nesse sentido, as contribuições de Thomas Kuhn e Paul Feyerabend, dois dos principais teóricos da segunda metade desse século, aparecem tanto como base para pensar a relação entre a história e as práticas científicas, quanto como contraponto à imagem de ciência difundida pelo Círculo de Viena, que certamente impactou a geração de cientistas da qual Carl Sagan faz parte.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-01-31