Quando a espada “corta” a pena

censura moral no romance Terra Encharcada, de Jarbas Passarinho

  • Francisco Américo Martins Moraes Universidade Federal de Rondônia

Resumo

Este trabalho, baseado no romance Terra Encharcada, publicado pela Editora Clube do Livro de São Paulo, em 1968, única obra de ficção escrita pelo então Ministro do Trabalho e Previdência Social, Coronel de Artilharia do Exército Brasileiro e político Jarbas Gonçalves Passarinho, cujo enredo original retratou casos de natureza sexual, sobretudo, homoafetiva entre seringueiros no interior da Amazônia paraense, procura esclarecer e demonstrar de que forma atuou a censura moral da Ditadura Militar (1964-1985). Por essa razão e, dentre outras, a referida editora, afinada às diretrizes ideológicas do Regime Militar, “operou” vários cortes no enredo de Terra Encharcada não só de natureza sexual, bem como de linguagem de baixo calão no ano subsequente a oficialização da censura sobre os livros e diversões públicas com a ortogação da Constituição Federal de 1967.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-01-31