Escritos, costuras e preces: histórias femininas e a construção de novas práticas na América portuguesa

  • Silvia Maria Amâncio Rachi Vartulli Professora da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) Doutoranda em História da Educação na Faculdade de Educação (UFMG)
Palavras-chave: Instrução feminina, Minas colonial, Educação

Resumo

Este texto foi elaborado a partir da pesquisa de doutorado que vem sendo realizada na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais. A investigação apresenta como objeto de estudo a inserção social feminina em Minas Gerais nos séculos XVIII e início do XIX a partir do contato com os elementos da cultura escrita. Busca evidenciar como os grupos femininos, ao estabelecerem relações com este conhecimento, construíram estratégias de negociação com as instâncias representativas de poder.
Publicado
2011-12-31