Quando se rompe o silêncio: o livro As Veias Abertas da América Latina e sua trajetória no Brasil

  • Alexandre Queiroz de Oliveira
Palavras-chave: América Latina, História das Ideias, História do Livro, Historiografia

Resumo

Este artigo analisa a forma como o livro As Veias Abertas da América Latina circulou no Brasil. Tendo como princípio a difícil relação entre o Brasil e a América Latina, investigamos aspectos que levaram ao sucesso de uma obra latino-americanista e marxista no Brasil, e algumas questões pertinentes suscitadas pela sua recepção acadêmica. Considerando as variadas significações de Veias Abertas, discorremos sobre as críticas comuns que se estabeleceram na América Latina nos anos 1960, e que permeiam até hoje o discurso e o imaginário latinoamericano.

ABSTRACT: This article discusses how the book Open Veins of Latin America circulated in Brazil. From the premise of the difficult relationship between Brazil and Latin America, we investigate aspects that took to success a Latin-Americanist and Marxist book, and also some relevant questions roused by its academic reception. Based on its variables meanings, Open Veins allows us
to discuss common criticisms that were established in Latin America in the 1960’s that until today permeate the speech and the imaginary Latin-American.

KEY WORDS: Latin America, History of Ideas, Book trajectory, Historiography.

Publicado
2013-04-30