Da associação ao trono visigodo a tentativa de unificação religiosa na Hispânia: a trajetória biográfica-política do rei Leovigildo (568-586)

  • Pâmela Torres Michelette Doutoranda em História - UNESP Professora Assistente - UFPI
  • João Paulo Charrone Doutorando em História - UFF Professor Assistente – UFPI
Palavras-chave: Leovigildo, Monarquia Visigoda, Biografia.

Resumo

Este artigo pretende do ponto de vista teórico contribuir com as questões relativas ao ‘retorno’ dos estudos biográficos, demonstrando que mesmo utilizando como referência um sujeito com grande vulto para o período em questão é possível não cair nas “armadilhas” conceituais e interpretativas próprias da Escola Positivista. Neste sentido, separamos aqui alguns recortes biográficos de Leovigildo, rei visigodo que governou a Hispânia entre 568 a 586, para demonstrar as relações sociais e políticas, tão caras ao governante e a sociedade visigoda como um todo, enfatizando, não o caráter “heroico” ou mesmo reto/linear/predestinado de nosso personagem, mas ao contrário, mostrando que seu governo, como de qualquer outro indivíduo, foi marcado também por negociações e derrotas políticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-09-29