O protagonismo feminino em Minas Gerais: Maria Dorotéia Joaquina de Seixas (1767-1853)

Resumo

O trabalho propõe discutir a autonomia das mulheres em Minas Gerais a partir de fontes e informações levantadas sobre a vida de Maria Dorotéia Joaquina de Seixas, a mulher por trás do mito Marília de Dirceu. Procuramos compreender como ela e outras mulheres buscaram viver algum tipo de autonomia dentro daquela sociedade.

Biografia do Autor

Ana Cristina Magalhães Jardim, Universidade Federal de Ouro Preto

Doutoranda e mestre em História (2014) pelo Programa de Pós graduação em História da Universidade Federal de Ouro Preto. Especialista em Cultura e Arte Barroca (2006) pelo Instituto de Filosofia, Artes e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto. Pesquisadora bolsista da Biblioteca Nacional (2009-2010). Atualmente bolsista Capes.

http://lattes.cnpq.br/1826353923885658

 

Publicado
2019-06-25