FORMAÇÕES POR ALTERNÂNCIA: DIVERSIDADE DE SITUAÇÕES E PERSPECTIVAS DOS USUÁRIOS / Formations by alternation: diversity of situations and users perspectives

Autores

  • Patrick Mayen École Normal Superieur De Dijon
  • Paul Olry Agrosup Dijon

Palavras-chave:

Formação por alternância, Diversidade, Estrutura de formação por alternância

Resumo

O artigo argumenta contra a separação entre dimensões políticas e dimensões "pedagógicas" na formação por alternância, porque elas não são independentes. Os cursos de formação por alternância são complexos e difíceis, para os estagiários, aprendizes, alunos e estudantes, mas apresentam também grandes dificuldades para os gestores, formadores e docentes, pois existem muita diversidade e variedade nestes cursos, quanto à sua estrutura e natureza. As dificuldades relacionadas à formação e à certificação interferem no âmbito do emprego. Este artigo foi elaborado a partir de pesquisas já publicadas sobre a formação por alternância e com base em conferência proferida no Instituto Internacional Joseph Jacotot, em evento dedicado à formação por alternância. Os autores concluem pela necessidade de que os dispositivos sejam concebidos deixando margens para que os atores locais realizem adaptações necessárias para atender às especificidades e diversidades que são próprias de cada curso e de cada região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrick Mayen, École Normal Superieur De Dijon

Patrick Mayen é psicólogo, professor de Ciências da Educação da École Normal Superieur De Dijon. O pesquisador vem realizando estudos sobre o dispositivo de formação contínua Validation des Acquis d’Expérience – VAE desde 2002, com todos os atores em todas as fases do processo (júris, acompanhamento, informações e conselhos). Seus estudos portam principalmente sobre o conceito de experiência e sobre domínios da formação profissional, notadamente sobre a didática profissional.

Paul Olry, Agrosup Dijon

Professor da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento Profissional e Formação na Agrosup de Dijon

Downloads

Como Citar

MAYEN, P.; OLRY, P. FORMAÇÕES POR ALTERNÂNCIA: DIVERSIDADE DE SITUAÇÕES E PERSPECTIVAS DOS USUÁRIOS / Formations by alternation: diversity of situations and users perspectives. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 21, n. 3, p. 187–206, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9091. Acesso em: 27 nov. 2021.

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.