PRODUÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O TRABALHO DOCENTE NESSA MODALIDADE

UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2238-037X.2019.9869

Palavras-chave:

Educação a Distância, Trabalho Docente, Bibliometria

Resumo

O objetivo precípuo desta pesquisa é executar um estudo bibliométrico sobre a produção científica referente à Educação a Distância (EaD). Para tanto, lançou-se mão da bibliometria objetivando analisar quantitativamente os metadados das teses presentes na base elaborada pelo Grupo Horizonte da Universidade Federal de São Carlos. Essa base conta com investigações de doutorado de programas de pós-graduação em Educação brasileiros com notas 5, 6 e 7 na avaliação trienal de 2013 da CAPES. Por meio da pesquisa, identifica-se que a produção científica referente à EaD ainda representa uma parcela ínfima no universo de teses de programas de pós-graduação em Educação. Ademais, a análise das referências bibliográficas das pesquisas que versam sobre o trabalho docente na modalidade aponta dados importantes, a saber: relevância de referencial teórico que não versa especificamente sobre a temática; influência dos meios digitais nas fontes das referências utilizadas; proeminência de periódicos indexados na base SCiELO; etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Braian Garrito Veloso, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Mestre e doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). É membro do Grupo Horizonte (Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Inovação em Educação, Tecnologias e Linguagens) da UFSCar. Enquanto pesquisador, tem interesse pelas temáticas: Educação a Distância, Trabalho Docente mediado por Tecnologias, Tecnologias Digitais e Educação.

Daniel Mill, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde trabalha como Docente e Gestor de Educação a Distância (EaD). Doutor em Educação pela UFMG, com pós-doutorado pela Universidade Aberta de Portugal. É membro do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade. É Líder do Grupo Horizonte (Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Inovação em Educação, Tecnologias e Linguagens) e, como pesquisador, tem interesse particular pela interseção das temáticas: Trabalho Docente, Tecnologias, Linguagens, Cognição e Educação a Distância.

Referências

CAMPOS, M. Conceitos atuais em bibliometria. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, São Paulo, v. 66, p. 18-21, 2003.

Centro de Estudos Educação e Sociedade. Educação & Sociedade. 2017. Disponível em:<http://www.cedes.unicamp.br/publicacoes/20>. Acesso em: 02 nov. 2017.

GUEDES, V. L. S.; BORSCHIVER, S. Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica. In: Encontro Nacional de Ciências da Informação, 6., Salvador/BA, junho de 2005. Disponível em: <http://www.cinformanteriores.ufba.br/vi_anais/docs-/VaniaLSGuedes.pdf>. Acesso em: 22 out. 2017.

MATTEDI, M. A.; SPIESS, M. R. A avaliação da produtividade científica. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 24, n. 3, p. 623-643, jul.-set. 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010459702017000300623&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 02 nov. 2017.

MILL, D. Docência virtual: uma visão crítica. Campinas: Papirus, 2012, 304 p.

MILL, D. Gestão estratégica da educação a distância: constituição, complexidades e desafios. In: NEVES, I. de S. V.; CORRADI, W.; CASTRO, C. L. F. de (Org.). EaD: diálogos, compartilhamentos, práticas e saberes. Barbacena: Eduemg, 2016. p. 129-144.

MILL, D. Polidocência: configurações para a docência na Educação a Distância. São Carlos: Pixel, 2017. 22 p.

MILL, D; FIDALGO, F. Estudo sobre relações de trabalho em sistemas de Educação a Distância mediada por tecnologias da informação e comunicação. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, n. 11, p. 85-113, jul.-dez. 2002.

SCIELO. Scientific Electroic Library Online. 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br>. Acesso em: 02 nov. 2017.

VANTI, N. A. P. Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 152-162, maio-ago. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010019652002000200016&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 27 out. 2017.

VELOSO, B. G. Organização do trabalho docente na educação a distância: implicações da polidocência no contexto da Universidade Aberta do Brasil (UAB). 2018. 214 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos.

WORDCLOUDS. WordClouds. 2017. Disponível em: <http://www.wordclouds.com>. Acesso em: 23 out. 2017.

Downloads

Publicado

2019-02-21

Como Citar

VELOSO, B. G.; MILL, D. PRODUÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O TRABALHO DOCENTE NESSA MODALIDADE : UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO. Trabalho &amp; Educação, [S. l.], v. 28, n. 1, p. 219–237, 2019. DOI: 10.35699/2238-037X.2019.9869. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9869. Acesso em: 6 maio. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)