Traumatismo dentário na dentição decídua e condição socioeconômica

uma revisão crítica da literatura

  • Paula Remigio Gomes
  • Jéssica Madeira Bittencourt UFMG
  • Leticia Pereira Martins
  • Saul Martins Paiva Universidade Federal de Minas Gerais
  • Cristiane Baccin Bendo Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Objetivo: Verificar a associação entre a condição socioeconômica e o traumatismo dentário em crianças na dentição decídua.

Métodos: Foi realizada uma busca bibliográfica na base de dados PubMed, seguindo uma estratégia de combinação de palavras-chave. Não houve restrição em relação ao ano de publicação, tipo de estudo e o local em que foi realizado. A seleção dos estudos foi realizada em duas etapas: através do processo de leitura dos títulos e resumos, e em seguida, por meio da obtenção e leitura dos artigos completos selecionados.

Resultados: De um total de 94 artigos encontrados, 16 foram selecionados para a revisão de literatura. Desses, 13 preencheram todos os critérios metodológicos analisados. A maioria dos estudos foram realizados no Brasil. A idade das crianças não ultrapassou os seis anos. Associações estatisticamente significantes entre a prevalência do traumatismo dentário na dentição decídua e condição socioeconômica foram encontradas em quatro artigos.

Conclusão: A maioria dos estudos não encontrou associação entre o traumatismo dentário na dentição decídua com a condição socioeconômica.

Descritores: Traumatismos dentários. Classe social. Fatores socioeconômicos. Pré-escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-04-06
Como Citar
Remigio Gomes, P., Madeira Bittencourt, J., Pereira Martins, L., Martins Paiva, S., & Baccin Bendo, C. (2020). Traumatismo dentário na dentição decídua e condição socioeconômica. Arquivos Em Odontologia, 56. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/16030
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)