Perfil dos egressos do curso de odontologia da Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes - Brasil

  • Hercílio Martelli Júnior Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
  • Daniella Reis Barbosa Martelli Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
  • Fernanda Soares Siqueira Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
  • Soraia Tuanne Ferreira Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
  • Jussara Melo Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
  • Manoel Brito Júnior Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes

Resumo

Este estudo avaliou o perfil profissional dos egressos do curso de odontologia da Universidade Estadual de Montes Claros, Unimontes, Brasil. Realizou-se estudo transversal utilizando questionário semi-estruturado contemplando diferentes dimensões do curso de graduação em odontologia e das atividades profissionais dos egressos. O índice de retorno dos questionários enviados foi de 52%. Os resultados revelaram que as atividades profissionais dos egressos são exercidas em consultórios particulares (33,3%), exclusivamente nos serviços públicos (29,6%) e em consultório e serviço público (27%). Com relação à fixação geográfica dos profissionais, a maioria (80%) está residindo em municípios do norte do estado de Minas Gerais, região sede da Unimontes. A remuneração salarial prevalente entre os egressos foi 5 a 10 salários mínimos mensais. A maioria (66,7%) dos entrevistados ainda não fez cursos de especialização e relatou satisfação profissional. Além dessas variáveis analisadas, outros indicadores refletem a formação acadêmica proposta, que valoriza a prática generalista no contexto regional.
Descritores: Estudantes de odontologia. Aplicações da epidemiologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hercílio Martelli Júnior, Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
Professor Titular do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Unimontes
Daniella Reis Barbosa Martelli, Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
Mestranda em Ciências da Saúde pela Unimontes
Fernanda Soares Siqueira, Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
Cirurgiã Dentista graduada pela Unimontes
Soraia Tuanne Ferreira, Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
Cirurgiã Dentista graduada pela Unimontes
Jussara Melo, Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
Professora de Saúde Coletiva da Unimontes
Manoel Brito Júnior, Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes
Professor de Endodontia da Unimontes

Referências

1. Feuerwerker L, Almeida M. Diretrizes curriculares e projetos pedagógicos: é tempo de ação. Rev ABENO 2004; 4:14-6.
2. Morita MC, Kriger L. Mudanças nos cursos de
odontologia e a interação com o SUS. Rev ABENO 2004; 4:17-21.
3. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Programa Nacional de Reorientação da Formação
Profissional em Saúde - Pró-Saúde. Brasília, 2005, 79p.
4. Carvalho CL, Lopes AMF. Perfil dos cirurgiõesdentistas especialistas do estado de Minas Gerais: estudo comparativo entre capital e interior. Rev
CROMG 2001; 7:26-32.
5. Brasil. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CES 3/2002. Diário Oficial da União, Brasília, 2002. Seção 1:10.
6. Pelissari LD, Basting RT, Flório FM. Vivência da realidade: o rumo da saúde para a odontologia. Rev ABENO 2005; 5:32-9.
7. Moyses SJ. O conceito de promoção da saúde na construção de sistemas de atenção em saúde bucal coletiva. In: Kriger L. Promoção de saúde bucal. São Paulo: Artes Médicas, 1997, p.372- 407.
8. Universidade Estadual de Montes Claros- Unimontes. Projeto político pedagógico do curso de graduação em odontologia. Montes Claros,
2002. 95p.
9. Bastos JRM, Aquilane AG, Almeida BS, Lauris JRP, Bijella VT. Análise do perfil profissional de cirurgiões-dentistas graduados na faculdade de
odontologia de Bauru-SP entre os anos de 1996 e 2000. J Appl Oral Sci. 2003;11:283-9.
10. Aquilane AG, Tomita NE. O estudante de odontologia e a educação. Rev ABENO 2005; 5:6-11.
11. Foresti MCPP. Ação docente e desenvolvimento curricular: aproximações ao tema. Rev ABENO 2001;1:13-6.
12. Costa B, Stegun RC, Todescan R. Realização profissional: uma avaliação entre os dentistas na grande São Paulo. Rev APCD 1992; 46:821-4.
13. Nicolielo J, Bastos JRM. Satisfação Profissional do cirurgião dentista conforme tempo de formado. Rev Fac Odontol Bauru 2002; 10:69-
74.
14. Santos AM, Rodrigues AAO, Suzuki CLS, Magalhães DC, Brandão PTJ, Batista RL, Fróes TC. Mercado de trabalho e a formação dos estudantes de odontologia: o paradigma da mudança. Rev Saúde Com. 2006; 2:169-82.
15. Martelli Júnior H, Vieira Júnior JR, Domingos MA, Barbosa DR, Brito Júnior M, Bonan PRF. Pesquisa odontológica no estado de Minas Gerais:
análise retrospectiva de 1986 a 2006. Arq Odontol. 2007; 43:23-9.
16. Queluz DP. Recursos humanos na área odontológica. In: Pereira AC. Odontologia em saúde coletiva. Porto Alegre: Artmed, 2003.
p.140-59.
17. Prefeitura Municipal de Montes Claros. Coletânia de informações sobre o município de Montes Claros. Montes Claros, 2006. p.35
Publicado
2016-03-14
Como Citar
Júnior, H. M., Martelli, D. R. B., Siqueira, F. S., Ferreira, S. T., Melo, J., & Júnior, M. B. (2016). Perfil dos egressos do curso de odontologia da Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes - Brasil. Arquivos Em Odontologia, 43(4). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3450
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)