UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROFLORESTAIS NA FORMULAÇÃO DE SUBSTRATO RENOVÁVEL PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Corymbia citriodora

Autores

  • Emerson Delano Lopes
  • Viviane Borges Soares
  • Lidiane Rodrigues da Silva

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento de mudas de Corymbia citriodora produzidas em substrato comercial (SC), e em formulações de bagaço de cana-de-açucar (BC) com moinha de carvão vegetal (MC) em diferentes proporções. Foram avaliadas cinco formulações de substratos: SC; BC; BC/MC (6/4, v:v); BC/MC (7/3, v:v); e BC/MC (8/2, v:v). Adotou-se o delineamento inteiramente casualizado constando de cinco tratamentos e cinco repetições. Decorridos 105 dias da instalação do estudo, avaliou-se os parâmetros: altura da parte aérea; diâmetro do colo; relação altura da parte aérea /diâmetro de colo; biomassa seca da parte aérea, radicial e total; e o Índice de Qualidade de Dickson (IQD). Os resultados evidenciaram, de maneira geral, que as formulações constituídas por BC/MC apresentaram os melhores resultados na avaliação dos parâmetros morfológicos e no IQD, em relação ao SC e ao BC, podendo ser alternativa viável na produção de mudas de C. Citriodora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-11-01

Como Citar

Lopes, E. D., Soares, V. B., & Silva, L. R. . da. (2015). UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROFLORESTAIS NA FORMULAÇÃO DE SUBSTRATO RENOVÁVEL PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Corymbia citriodora. Caderno De Ciências Agrárias, 7(1), 138–148. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/ccaufmg/article/view/2802

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS