Avaliação dos níveis de ruído emitidos por equipamentos eletrorrurais utilizados na produção de ração e processamento de forragem

Autores

  • Athos Felipe Santos Marques
  • Luiz Henrique Souza Docente Orientador - Instituto de Ciências Agrárias - Universidade Federal de Minas Gerais
  • Cássio André Ribeiro Ramos Acadêmico(a) de Engenharia Agrícola e Ambiental – Instituto de Ciências Agrárias – Universidade Federal de Minas Gerais, Montes Claros, Minas Gerais, Brasil
  • Mariana Faria Veloso Acadêmico(a) de Engenharia Agrícola e Ambiental – Instituto de Ciências Agrárias – Universidade Federal de Minas Gerais, Montes Claros, Minas Gerais, Brasil
  • Caio Gontijo Rabelo Acadêmico(a) de Engenharia Agrícola e Ambiental – Instituto de Ciências Agrárias – Universidade Federal de Minas Gerais, Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

Palavras-chave:

Ergonomia. Máquinas agrícolas. Ruído.

Resumo

Os níveis de ruído emitidos por equipamentos eletrorrurais, quando acima do permitido, são prejudiciais à saúde humana. Outro fator de extrema importância é a Máxima Exposição Diária permissível a este nível de ruído. Neste trabalho foi avaliado o nível de ruído emitido por equipamentos eletrorrurais utilizados no processamento de alimentação animal segundo a Norma NR-15 e os valores comparados com a respectiva Norma. Utilizou-se um decibelímetro digital da marca Skill-Tec modelo SKDEC-01, com resolução de 0,1 dB e precisão de 1,5 dB nos circuitos de resposta lenta (Slow) e de equalização (A) na escala dB(A). Foram avaliados um desintegrador, um misturador de ração e uma ensiladora sob condições normais de uso no dia a dia. As medições foram feitas com o aparelho posicionado a 0, 1, 2, 3, 4 e 5 m de distância das máquinas. Também foi medido o nível de ruído de fundo (com os equipamentos desligados). Os valores foram confrontados com os respectivos tempos de Máxima Exposição Diária àquele ruído. A ensiladora foi a máquina que obteve nível de ruído mais alto, seguida pelo desintegrador. O misturador de ração não apresentou risco de exposição diária devido aos níveis de ruído apresentado. O tempo máximo de exposição diária ao lado da ensiladora sem o uso de protetor auricular foi de 45 min e do desintegrador de 1 h e 15 min. Há a necessidade do uso de protetores auriculares para o manuseio da ensiladora e do desintegrador no processamento de alimentação animal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Athos Felipe Santos Marques

Acadêmico(a) de Engenharia Agrícola e Ambiental – Instituto de Ciências Agrárias – Universidade Federal de Minas Gerais,
Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

Referências

BAESSO, M. M. et al. Avaliação do nível de ruído emitido por um conjunto trator pulverizador com e sem assistência de ar. Engenharia na Agricultura, Viçosa, MG, v.16, n.4, p. 400-407, 2008. Disponível em: <http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/viewFile/56/28> Acesso em: 29 de set. 2016.

LONGUI, F. C.; FERNANDES, L. S.; RINALDI, P. C. N. Níveis de ruído emitidos por diferentes equipamentos em uma fábrica de ração. Engenharia na Agricultura, Viçosa, MG, v.17, n.6, p. 446-453, 2009. Disponível em: <http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/viewFile/155/85> Acesso em: 29 de set. 2016.

NR 15 - NORMA REGULAMENTADORA 15 - ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES. Disponível em: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr15.htm. Acesso em: 28 de set. 2016.

OLIVEIRA JÚNIOR, A.; ALVES, G. S.; CUNHA, J. P. A. R. Avaliação dos níveis de ruído emitido por um trator agrícola em diferentes operações mecanizadas. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer, Goiânia, GO, v.7, n.12; p. 1-13, 2011. Disponível em: <http://www.conhecer.org.br/enciclop/2011a/agrarias/avaliacao%20dos%20niveis.pdf> Acesso em: 29 de set. 2016.

VENTUROLI, F. et al. Avaliação do nível de ruído em marcenarias no Distrito Federal, Brasil. R. Bras. Eng. Agríc. Ambiental, Campina Grande, PB, v.7, n.3, p.547-551, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbeaa/v7n3/v7n3a23.pdf> Acesso em: 29 de set. 2016.

Downloads

Publicado

2016-12-19

Como Citar

Marques, A. F. S., Souza, L. H., Ramos, C. A. R., Veloso, M. F., & Rabelo, C. G. (2016). Avaliação dos níveis de ruído emitidos por equipamentos eletrorrurais utilizados na produção de ração e processamento de forragem. Caderno De Ciências Agrárias, 8(3), 01–06. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/ccaufmg/article/view/2932

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS