v. 7 n. 13 (2013): Mapas, territórios e geografia na arte e na literatura judaicas

					Visualizar v. 7 n. 13 (2013): Mapas, territórios e geografia na arte e na literatura judaicas

Apresentação

Lyslei Nascimento (Universidade Federal de Minas Gerais)

O número 13 da Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG apresenta como tema “Mapas, territórios e geografia na arte e na literatura judaicas”. A conformação de espaços míticos, bíblicos, imaginários ou reais na ficção, bem como a representação de aldeias, cidades ou países reais ou imaginários que possibilitam reflexões importantes sobre fronteiras, limites e territórios. A presença judaica na Península Ibérica, no mundo ídiche europeu, bem como na América, em Israel ou no Oriente é, a partir de uma perspectiva literária, histórica ou geográfica, muito instigante. Na ficção, certa “poética do espaço”, como pensou Gaston Bachelard, ou de “comunidade imaginária”, como queria Benedict Anderson, amplia os estudos sobre os múltiplos e variados deslocamentos judaicos em suas relações com as expulsões, as diásporas e as imigrações. Os mapas, os territórios e a geografia, na prosa e na poesia, delineiam um papel importante da literatura judaica e sua abordagem aponta, ainda, para uma preocupação com o desenho que a tradição judaica adquire na contemporaneidade. Nesse sentido, o mundo judaico parece sempre ampliar-se, para além das fronteiras, até os espaços imaginários da ficção.

Publicado: 2013-10-30

Arte

Conto

Fotografia

Humor

Poema