O contrato didático na aula universitária

Palavras-chave: Docência universitária, Planejamento de ensino, Contrato didático

Resumo

Discute-se sobre a docência universitária por meio dos contratos didáticos, pautando-se na prática pedagógica desenvolvida no ensino de Didática nas Licenciaturas da Universidade Estadual de Ponta Grossa em 2019. Objetiva-se refletir sobre esta estratégia pedagógica a partir das compreensões teóricas e exemplos adotados na prática docente das autoras. Assim, problematizou-se: seria possível desencadear na docência universitária uma perspectiva de maior aproximação com os alunos, considerando uma relação mais colaborativa, com vistas ao desenvolvimento de autonomia discente? O referencial teórico contempla a definição de contrato didático enfatizando a relação estabelecida entre professor e aluno com vistas à aprendizagem dos conteúdos, pois, ao optar pelos contratos didáticos, a concepção de planejamento avança de uma prática unilateral (do professor aos alunos) para uma visão relacional (professores com os alunos que planejam colaborativamente). As autoras consideram ser imprescindível a adoção de uma concepção de docência que envolva o aluno na construção de sua autonomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maiza Taques Margraf Althaus, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil.

Licenciou-se em Pedagogia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Foi professora atuante na Educação Básica na rede pública e particular de ensino. Realizou seu Mestrado em Educação (UEPG). Na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, cursou o Doutorado em Educação. Desde 1991 é professora na UEPG (Departamento de Pedagogia), atuando na formação de professores e desenvolvendo pesquisas nesta área. Leciona Didática nos cursos de graduação (Licenciaturas) e disciplinas de formação pedagógica para a Docência Universitária em Programas de Pós-Graduação. É membro da Equipe Gestora do Programa DES “Docência no ensino superior”, vinculado à Pró-Reitoria de Graduação da UEPG. Participa do Projeto de Extensão "A dimensão didática do trabalho docente", na UEPG.

Viviane Aparecida Bagio, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil.

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Mestre em Educação em Ciências e em Matemática. Licenciada em Pedagogia. Bacharela e licenciada em Matemática. Professora colaboradora da Universidade Estadual de Ponta Grossa, lotada no Departamento de Pedagogia, área de Didática atuando em cursos de graduação (licenciaturas). Atua na equipe gestora e na formação pedagógica dos projetos voltados para o desenvolvimento da docência universitária do Programa DES (UEPG). Participa do Projeto de Extensão "A dimensão didática do trabalho docente", na UEPG. Atua como professora convidada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas na disciplina de Prática em Docência. Suas temáticas de pesquisa envolvem a docência universitária, a didática e a formação docente.

Denise Puglia Zanon, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil.

Licenciada em Pedagogia e Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Atualmente é doutoranda junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação na UEPG. Atuou como professora e pedagoga na Rede Pública Estadual de Ensino, privilegiando no trabalho junto aos estabelecimentos de ensino, os seguintes temas: planejamento docente, formação de professores e avaliação do processo ensino e aprendizagem. A partir do ano de 2007, integra o corpo docente do Departamento de Pedagogia, na UEPG, na área de Didática, nos cursos de graduação. Atua em projeto extensionista intitulado: "A dimensão didática no trabalho docente: as relações entre ensinar, aprender, pesquisar e avaliar” desde o ano de 2012. Na docência no ensino superior desenvolve estudos e pesquisas sobre: didática, prática pedagógica, extensão universitária e formação de professores.

Referências

BEHRENS, Marilda Aparecida. Paradigma da complexidade: metodologia de projetos, contratos didáticos e portfólios. Petrópolis: Vozes, 2006.

BELTRÃO, Rinaldo Cesar; SOUZA, Carla Maria Pinto; SILVA, Cláudia Patricia Silverio. Contrato didático e suas influências na sala de aula. Educação, Matemática e Pesquisa, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 335-353, 2010.

BERNANDES, Carla; MIRANDA, Filipa Bizarro. Portefólio: uma escola de competências. Porto: Porto Editora, 2003.

BROUSSEAU, Guy. Os diferentes papéis do professor. In: PARRA, C.; SAIZ, I. Didática da Matemática: reflexões psicopedagógicas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

CAMARGO, Fausto; DAROS, Thuine. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

CHEVALLARD, Yves. Sur Fanalyse didactique: deux études sur les notions de contract et de situation. Marseille: IREM d'Aix Marseille, 1988.

CHEVALLARD, Yves. Sobre a teoria da transposição didática: algumas considerações introdutórias. Revista de Educação, Ciências e Matemática, v. 3, n. 2, p. 1-14, maio/ago. 2013.

CONDEMARÍN, Mabel; MEDINA, Alejandra. Avaliação autêntica: um meio para melhorar as competências em linguagem e comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREITAS, Ana Lúcia Souza de; GESSINGER, Rosana Maria. O contrato didático e a avaliação. In: FREITAS, Ana Lúcia Souza de (org.). A gestão da aula universitária na PUCRS. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2008. p. 59-63.

GRILLO, Marlene Correro; LIMA, Valderez Marina do Rosário. A aula universitária: espaço de parceria ou de resistência? In: FORSTER, Mari Margete dos Santos; BROILO, Cecília Luiza (org.). Licenciaturas, escolas e conhecimento. Araraquara: Junqueira&Marin, 2008. p. 103-112.

GRILLO, Marlene Correro. Contrato didático. In: MOROSINI, Marilia Costa (org.). Enciclopédia de Pedagogia Universitária: glossário. vol 2. Brasília: INEP/RIES, 2006. p. 449.

IMBERNÓN, Francisco. Formação continuada de professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

JULIATTO, Clemente Ivo. A Universidade em busca da excelência: um estudo sobre a qualidade na educação. Curitiba: Champagnat, 2005. 239 p.

MORANDI, Franc. Modelos e métodos em Pedagogia. Tradução de Maria Leonor Loureiro. Bauru: EDUSC, 2002.

SILVA, Benedito Antonio da. Contrato Didático. In: MACHADO, S. D. A. (org.). Educação matemática: uma (nova) introdução. 3. ed. São Paulo: EDUC, 2012. p. 49-75.

TORRES, Patricia L.; IRALA, Esrom Adriano. Aprendizagem colaborativa. In: Torres, P. L. (org.). Algumas vias para entretecer o pensar e o agir. Curitiba: Senar, 2007.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

ZABALA, Antoni. Didática geral. Porto Alegre: Penso, 2016.

Publicado
2020-06-03
Como Citar
ALTHAUS, M. T. M.; BAGIO, V. A.; ZANON, D. P. O contrato didático na aula universitária. Revista Docência do Ensino Superior, v. 10, p. 1-13, 3 jun. 2020.
Seção
Artigos de opinião