As metodologias ativas e as aproximações entre o ensino e a aprendizagem na prática pedagógica universitária

  • Maiza Taques Margraf Althaus Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil.
  • Viviane Aparecida Bagio Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-0001-1546
Palavras-chave: Metodologias ativas, Docência universitária, Ensino

Resumo

No contexto do desenvolvimento da prática pedagógica universitária, uma das preocupações dos professores refere-se ao encaminhamento metodológico dos processos de ensino e aprendizagem. Neste trabalho, propõe-se discutir sobre as possibilidades e os limites da prática pedagógica quando pautada na perspectiva da transmissão do conhecimento, por meio de aulas expositivas, em contraposição às propostas de ensino pela via das metodologias ativas. A metodologia adotada para o desenvolvimento do presente estudo é bibliográfica, orientada na leitura e análise de obras referentes ao tema proposto. Buscando apoio nas pesquisas de Nóvoa e Amante (2015), Mainardes (2008), Heacox (2006), Pozo (2002) e Roldão (2007), entre outros, o texto problematiza a dimensão didática da docência universitária, a fim de ressignificar e aproximar o ensinar do aprender. O estudo desenvolvido também evidenciou algumas possibilidades de encaminhamento metodológico na aula universitária, em situações didáticas planejadas em que se privilegia a perspectiva ativa dos estudantes em suas aprendizagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maiza Taques Margraf Althaus, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil.

Pedagoga (UEPG), Mestre em Educação (UEPG) e Doutora em Educação (PUC/PR). Desde 1991 é professora na UEPG, no Departamento de Pedagogia, atuando no campo da Didática nos cursos de Licenciaturas e em disciplinas de formação pedagógica para a Docência Universitária em Programas de Pós-Graduação stricto sensu. Coordena o Programa DES – Docência no ensino superior.

Viviane Aparecida Bagio, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil.

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Mestre em Educação em Ciências e em Matemática. Bacharel e Licenciada em Matemática. Licenciada em Pedagogia. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais e Formação de Professores (GEPPE/UEPG). Professora colaboradora na UEPG, no Departamento de Pedagogia. Desenvolve pesquisas nos seguintes temas: formação de professores, metodologia de pesquisa, docência universitária, educação matemática, didática.

Referências

ALTHAUS, Maiza Taques Margraf. Metodologias de Ensino na prática pedagógica universitária: reflexões iniciais. Palestra ministrada na Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, 18 jul. 2016.

ANASTASIOU, Lea das Graças Camargo. Metodologia ativa, avaliação, metacognição e ignorância perigosa: elementos para reflexão na docência universitária. Revista Espaço para a saúde, Londrina, v. 15, n. 1, p. 19-34, jun. 2014.

ANASTASIOU, Lea das Graças Camargo; ALVES, Leonir Pessate. Processos de ensinagem na Universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 6. ed. Joinville: Univille, 2006.

CUNHA, Maria Isabel; SOARES, Sandra Regina. Formação do professor: a docência universitária em busca de legitimidade. Salvador: EDUFBA, 2010.

FARIAS, Isabel Maria Sabino et al. Didática e docência: aprendendo a profissão. Brasília: LiberLivro, 2009.

FARIAS, Pablo Antonio Maia; MARTIN, Ana Luiza de Aguiar Rocha; CRISTO, Cinthia Sampaio. Aprendizagem ativa na Educação em Saúde: percurso histórico e aplicações. Rev. Bras. Educ. Med., Rio de Janeiro, v. 39, n. 1, p. 143-158, 2015.

FRANCO, Maria Amélia do Rosário Santoro. Pedagogia e prática docente. São Paulo: Cortez, 2012.

GASPARIN, João Luiz. Uma Didática para a Pedagogia Histórico-Crítica. 3. ed. Campinas: Autores Associados, 2002.

GAUTHIER, Clermont et al.Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas. Tradução de Francisco Pereira. Ijuí: Unijuí, 1998.

GIL, Antonio Carlos. Didática do ensino superior. São Paulo: Atlas, 2015.

HEACOX, Diane. Diferenciação curricular na sala de aula. Porto: Porto Editora, 2006.

IMBERNÓN, Francisco. Inovar o ensino e a aprendizagem na universidade. São Paulo: Cortez, 2012.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

MAINARDES, Jefferson. Escola em ciclos, processos de aprendizagem e intervenções pedagógicas: algumas reflexões. In: FETZNER, Andrea Rosana (org.). Ciclos em revista. v. 3. Rio de Janeiro: WAK, 2008. p. 118-139.

MASETTO, Marcos Tarciso. Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003.

MORAN, José. Qual é o futuro da escola? Ou qual é a escola do futuro? 2015. Disponível em: https://goo.gl/ZUMHux. Acesso em: 24 maio. 2017.

NADAL, Beatriz Gomes; PAPI, Silmara de Oliveira Gomes. O trabalho de ensinar: desafios contemporâneos. In: NADAL, Beatriz Gomes (org.). Práticas pedagógicas nos anos iniciais: concepções e ação. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2007. p. 15-33.

NÓVOA, António; AMANTE, Lúcia. Em busca da Liberdade: a pedagogia universitária do nosso tempo. Revista de Docência Universitária, 2015. Disponível em: https://goo.gl/p78uPv. Acesso em: 24 maio. 2017.

POZO, Juan Ignácio. Aprendizes e mestres: a nova cultura da aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.

RATHS, Louis et al. Ensinar a pensar. São Paulo: EPU, 1977.ROLDÃO, Maria do Céu. Diferenciação curricular revisitada: conceito, discurso e práxis. Porto: Porto Editora, 2003.

ROLDÃO, Maria do Céu. Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 94-103, jan./abr. 2007.

ROSSO, Ademir José; TAGLIEBER, José Erno. Métodos Ativos e Atividades de Ensino. Perspectiva, Florianópolis, v. 17, p. 37-46, 1992.

SAINT-ONGE, Michel. O ensino na escola: o que é, como se faz. 3. ed. São Paulo: Loyola, 2007.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. A prática pedagógica do professor de Didática. 13. ed. Campinas: Papirus, 1994.

ZABALZA, Miguel. Uma nova didática para o ensino universitário: respondendo ao desafio do espaço europeu de ensino superior. Madrid, 2006

Publicado
2017-12-07
Como Citar
ALTHAUS, M. T. M.; BAGIO, V. A. As metodologias ativas e as aproximações entre o ensino e a aprendizagem na prática pedagógica universitária. Revista Docência do Ensino Superior, v. 7, n. 2, p. 79-96, 7 dez. 2017.
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)