Estágio na licenciatura em Ciências Biológicas

a história e a filosofia da ciência como uma estratégia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2016.2059

Palavras-chave:

Formação de professores, Ensino de Biologia, Conhecimento científico

Resumo

Este artigo constitui-se de um relato de experiência de atividade desenvolvida no contexto da formação inicial de professores de Biologia numa universidade pública federal durante o estágio supervisionado. A partir da ideia de estratégia e das discussões relacionadas à História e Filosofia da Ciência (HFC), o estágio foi organizado com o objetivo de apresentar aos licenciandos outra possibilidade de ensinar Ciências/Biologia na educação básica, para além da fragmentação, da aplicação e da reprodução de saberes. O acompanhamento das atividades nas escolas e a leitura dos relatórios de estágios evidenciaram os enfrentamentos para a materialização dessa proposta (adequação de material didático, organização disciplinar da escola, falta de diálogo entre as disciplinas do curso de Biologia, dentre outros) e, ao mesmo tempo, constituíram-se de elementos de reflexão para a elaboração das estratégias de ensino, o que contribuiu para uma formação compartilhada e autônoma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Sendin Moreira Guimarães, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil.

Possui licenciatura em Biologia pela Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP (1998), especialização em Educação Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de São Paulo – USP (2001), mestrado em Educação – Ensino de Ciências pela UNIMEP (2003) e doutorado em Educação Escolar – Formação de Professores pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP (2009). Atualmente é professora adjunta III do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Professora do programa de pós-graduação (stricto sensu) em Educação em Ciências e Matemática da UFG. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Colligat – (re)pensando a formação de professores de Ciências e Biologia.

Rones de Deus Paranhos, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil.

Aluno do doutorado em Educação (programa de pósgraduação em Educação da Universidade de Brasília – PPGE/ UnB). Mestre em Educação em Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Goiás (2009) e licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Goiás – campus Jataí (2004). Atualmente é professor assistente (Classe B) da Universidade Federal de Goiás (Instituto de Ciências Biológicas / Departamento de Educação em Ciências); colaborador do Laboratório de Estágio Supervisionado e Ensino de Ciências (LESEC); coordenador do Grupo de Pesquisa Colligat – (re) pensando a formação de professores de Ciências e Biologia.

Downloads

Publicado

2016-10-10

Como Citar

GUIMARÃES, S. S. M.; PARANHOS, R. de D. Estágio na licenciatura em Ciências Biológicas: a história e a filosofia da ciência como uma estratégia. Revista Docência do Ensino Superior, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 89-114, 2016. DOI: 10.35699/2237-5864.2016.2059. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2059. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)