A Licenciatura para Dança na Escola de Belas Artes da UFMG

Nem tudo são flores, mas já é possível construir um belo buquê

Autores

  • Arnaldo Leite de Alvarenga Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Brasil

Palavras-chave:

Dança, Formação de professores, Licenciatura

Resumo

Este ensaio propõe uma reflexão a partir do Projeto Político Pedagógico do Curso de Graduação em Dança - Modalidade Licenciatura da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. Considerando que o dançar e o ensinar dança constituem conhecimentos inerentes à experiência de aprendizado no e pelo corpo, apresenta-se os caminhos que foram e estão sendo trilhados na proposição de formação superior em dança nessa instituição. Tal proposta abre-separa todo tipo de formação estilística prévia dos pretendentes, partindo de princípios de organização do movimento presente em todas as danças e estruturando-se sobre três eixos centrais: um teórico, outro prático-teórico e outro didático-pedagógico, somados a dois aprofundamentos artísticos pedagógicos.

Biografia do Autor

Arnaldo Leite de Alvarenga, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Brasil

Departamento de Artes Cênicas Linguisitca, Letras e Artes

Referências

ALVARENGA, Arnaldo Leite de; PIMENTEL, Lúcia Gouvêa; RIBEIRO, Mônica Medeiros. Projeto político-pedagógico do curso de graduação Licenciatura em Dança da Escola de Belas-Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2009.

BRASIL. Reestruturação e expansão das universidades brasileiras – REUNI. Ministério da Educação e Cultura. 24 fev. 2010. Disponível em: <http://reuni.mec.gov.br/index.phpoption=com_content&view=article&id=100&Itemid=81>. Acesso em: 21 maio 2018.

BRASIL. Presidência da República. Decreto Nº 6.096. 24 abr. 2007. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2007/Decreto/D6096.htm>. Acesso em:

maio 2018.

BRASIL. Resolução do Conselho Nacional de Educação – Conselho Pleno 002/03 de julho de

<http://portal.mec.gov.br/observatorio-da-educacao/323-secretarias-112877938/

orgaos-vinculados-82187207/21028-resolucoes-do-conselho-pleno-2015>. Acesso em: 21 maio 2018.

DAMÁSIO, A. O mistério da consciência: do corpo e das emoções ao conhecimento de si. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

GREINER, C. Arte na universidade para germinar questões e testar procedimentos. In: XAVIER, Jussara; MEYER, Sandra; TORRES, Vera. Tubo de ensaio: experiência em dança e arte contemporânea. Florianópolis: edição do autor, 2006.

LABAN, Rudolf Von. O domínio do movimento. São Paulo: Summus, 1978.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG). Proposta de formação transversal: saberes tradicionais. Prograd: UFMG, 2015.

VIANNA, Klauss; CARVALHO, Marco Antônio. A dança. São Paulo: Siciliano, 1990.

Downloads

Publicado

2018-11-29

Como Citar

ALVARENGA, A. L. de. A Licenciatura para Dança na Escola de Belas Artes da UFMG: Nem tudo são flores, mas já é possível construir um belo buquê. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 8, n. 16, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15597. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática