A partilha do comum na performance Contra X Tempo

Processo criativo colaborativo como ato estético e político

  • Hugo Fortes Universidade de São Paulo (USP), Brasil http://orcid.org/0000-0002-4515-2521
  • Yiftah Peled Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil
  • Marcos Martins Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil
  • Tiago Cardoso Gomes Universidade de São Paulo (USP), Brasil
  • Luciana Magno Universidade de São Paulo (USP), Brasil
  • Leandra Espírito Santo Universidade de São Paulo (USP), Brasil
  • Síssi Fonseca Universidade de São Paulo (USP), Brasil
Palavras-chave: Processo Colaborativo, Performance, Política

Resumo

Este texto apresenta reflexões sobre o processo colaborativo de criação da performance coletiva Contra X Tempo. O trabalho consistia de sete ações performáticas criadas pelos artistas, que eram executadas concomitantemente por cada um dos integrantes em um mesmo espaço. Criou-se uma espécie de circuito, no qual cada artista realizava uma ação por um determinado tempo e a seguir passava a realizar outra ação proposta pelo colega, em um processo de compartilhamento. O trabalho lidou com a qualidade central da ação política -  alteridade – o estado que se constitui através de relações de diferença ou a capacidade de colocar-se no lugar do outro e partilhar o espaço comum.

Biografia do Autor

Hugo Fortes, Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Artista visual, Doutor e Livre-Docente em Artes Visuais pela ECA-USP e Professor Associado na ECA-USP.

Yiftah Peled, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil

Artista Visual, Doutor em Artes Visuais pela ECA-USP e Professor Doutor na Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Marcos Martins, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil

Artista Visual, Doutor em Artes Visuais pela ECA-USP e Professor Doutor na Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Tiago Cardoso Gomes, Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Artista Visual e Doutor em Artes pela ECA-USP

Luciana Magno, Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Artista Visual e Doutoranda em Artes Visuais pela ECA-USP

Leandra Espírito Santo, Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Artista Visual e Doutoranda em Artes Visuais pela ECA-USP

Síssi Fonseca, Universidade de São Paulo (USP), Brasil

Artista Visual e Bacharel em Comunicações pela ECA-USP

Referências

COHEN, Renato. Performance como linguagem: criação de um tempo-espaço de experimentação. São Paulo: erspectiva: Editora da Universidade de São Paulo, 1989.

Nicolete, Adélia. Criação coletiva e processo colaborativo: algumas semelhanças e diferenças no trabalho dramatúrgico. Sala Preta, n. 2, 318-325, 2002. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v2i0p318-325.

RANCIÈRE, Jaques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: EXO experimental org.: Ed 34, 2005.

SALLES, Cecilia Almeida. Redes da Criação: Construção da Obra de Arte. Vinhedo: Editora Horizonte, 2006.

SILVA, Gabriela Saenger. Arte em Partilha: práticas artísticas colaborativas e participativas em arte contemporânea. Orientadora: Maria Amélia Bulhões Garcia. 2014. 137 f. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Instituto de Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

Publicado
2019-11-22
Como Citar
FORTES, H.; PELED, Y.; MARTINS, M.; GOMES, T. C.; MAGNO, L.; ESPÍRITO SANTO, L.; FONSECA, S. A partilha do comum na performance Contra X Tempo. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, p. 58-86, 22 nov. 2019.
Seção
Artigos - Seção temática