Uma réplica a Von Martius

José Oiticica e a proposição de uma nova normatividade para a prática historiográfica no alvorecer republicano

  • Vicente da Silveira Detoni Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Piero di Cristo Carvalho Detoni Universidade de São Paulo

Resumo

O presente escrito se constitui na transcrição do texto Como se deve escrever a história do Brasil, de autoria de José Rodrigues Leite e Oiticica (1882-1957), publicado na Revista Americana em quatro partes ao longo do primeiro semestre do ano de 1910. Estabelecendo um diálogo aberto com a Dissertação homônima de Karl Von Martius o texto propõe uma nova normatividade para a prática historiográfica em virtude dos debates, acirrados na virada do século XIX para o XX no Brasil, sobre a cientificidade do conhecimento histórico, e da necessidade de se determinar um sentido para a história do Brasil após a Proclamação da República em 1889. A transcrição segue a grafia original e as notas contidas no texto são do seu autor.

Biografia do Autor

Vicente da Silveira Detoni, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestrando em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sob orientação do prof. Dr. Fernando Nicolazzi. Possui graduação em História pela Universidade Federal da Fronteira Sul.

Piero di Cristo Carvalho Detoni, Universidade de São Paulo

Doutorando em História Social pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade de São Paulo, sob a orientação da profa. Dr. Raquel Glezer. Possui mestrado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto, sob a orientação do prof. Dr. Fernando Nicolazzi. É graduado em História pela mesma instituição.

Publicado
2019-06-25