Notas sobre o clerc medieval

  • Eduardo Leite Lisboa

Resumo

Estas breves notas são resultados das discussões ocorridas na disciplina Tópicos Especiais em Cultura e Identidades: Intelectuais e História Intelectual, do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual de Ponta Grossa. O texto intenta apresentar sumariamente o surgimento dos intelectuais a partir do Caso Dreyfus e algumas acepções desta palavra ao longo do século XX, para então se ocupar em delinear esta figura em uma temporalidade outra: a Idade Média. De acordo com SILVA (2005) e LECLERC (2004), o intelectual que não fosse engajado ou dissidente estaria próximo do clerc medieval, isto é, um erudito guardião das tradições e instituições. Incomodado com isso, procuro apresentar o perfil destas gentes de saber dos séculos XII e XIII, o contexto que emergiram, seus espaços de atuação/disputa e, ainda, pontuar como estudos acerca da história intelectual e da história dos intelectuais auxiliam para afastar as trevas colocadas sobre este período.

Publicado
2019-09-30