Aprendizagem sem distância: tecnologia digital móvel no ensino de língua inglesa

Autores

  • Carlos Fabiano de Souza Instituto Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.17851/1983-3652.8.1.39-50

Palavras-chave:

Tecnologia digital móvel. Ensino-aprendizagem de língua estrangeira. Língua inglesa.

Resumo

RESUMO: Este trabalho visa fomentar uma discussão acerca do uso da tecnologia digital móvel enquanto componente de apoio ao processo de ensino-aprendizagem de língua inglesa, sobretudo em ambiente extraclasse. Pode-se dizer que o uso desse tipo de tecnologia como ferramenta educacional vai ao encontro do cenário atual, no qual tem havido um grande investimento em dispositivos móveis, o que nos leva a nos depararmos cada vez mais com educandos da Geração Digital – que fazem uso constante desses aparatos. Em outras palavras, os dispositivos móveis têm feito cada vez mais parte de nossas interações sociais e, em virtude da grande demanda, tem crescido substancialmente o número de aplicativos não só pagos, mas também disponibilizados para download grátis, que podem ser utilizados com o intuito de favorecer o aprendizado de línguas. Dessa maneira, apresentamos alguns aspectos relevantes quanto ao uso da tecnologia digital móvel no ensino de inglês, levando, sobremaneira, em consideração a sua finalidade pedagógica. Espera-se que os exemplos propostos possam vir a nortear futuras ideias de adoção de projetos educacionais que envolvam o uso de componentes tecnológicos dessa natureza em aulas de língua estrangeira/adicional.
PALAVRAS-CHAVE: Tecnologia digital móvel. Ensino-aprendizagem de língua estrangeira. Língua inglesa.


ABSTRACT: This work aims at promoting a discussion about the use of digital mobile technology as a component to support the teaching-learning process of English language, especially within extracurricular environments. We may say that the use of this kind of technology as an education tool suits the current scenario, in which there has been much investment in mobile devices, leading us to deal more and more with students from the Digital Generation, who use these apparatuses constantly. In other words, mobile devices have made even more part of our social interactions and due to their large demand, not only has it increased substantially the number of payable apps, but also the availability of the ones downloaded for free so as to favor the language learning. Thus, we will present some relevant aspects about the use of digital mobile technology in the teaching of English taking, primarily, into account their pedagogical purpose. It is expected that the examples proposed might guide future ideas of adopting educational projects which have to do with the use of technological components of this nature in foreign/additional language lessons.
KEYWORDS: Digital mobile technology. Teaching-learning of foreign language. English language.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Fabiano de Souza, Instituto Federal Fluminense

Professor de língua inglesa licenciado em Letras - Português/Inglês pela Universidade Salgado de Oliveira - Universo, Campos dos Goytacazes-RJ, especialista em Metodologia do Ensino de Língua Inglesa pela Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC, Salvador-BA, mestrando em Estudos de Linguagem pela UFF. Atualmente, professor de inglês do quadro efetivo do Instituto Federal Fluminense (campus Cabo Frio).

Referências

JONES, L. The student-centered classroom. New York: Cambridge University Press, 2007.

KENSKI, V.M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2007.

LÉVY, P. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MORAN, J.M. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias audiovisuais e telemáticas. In: MORAN, J.M., MASETTO, M.T., BEHRENS, M.A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2000.

PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar. Tradução de Patrícia Cretone Ramos. Porto Alegre: Artmed, 2000.

POZO, J.I., ADALMA, C. A mudança nas formas de ensinar e aprender na Era Digital. PÁTIO ENSINO MÉDIO, ano5, n.19, Dez. 2013/Fev. 2014.

SOUZA, C. Teaching English to the iPhone generation: reflecting upon the use of WhatsApp Messenger as an educational tool within language lessons. Comunicação apresentada no III Simpósio sobre Ensino de Línguas Estrangeiras do CEFET-RJ. Rio de Janeiro, 18 de setembro de 2014.

STAKER, H., HORN, M.B. Classifying K-12 blended learning. Innosight Institute. May 2012. Disponível em: http://www.innosightinstitute.org/innosight/wp-content/uploads/2012/05/Classifying-K-12-blended-learning2.pdf. Acesso em: 10 jul. 2014. TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2010.

TRAXLER, J., VOSLOO, S. E. Introduction: The prospects for mobile learning. Prospects: Quarterly Review of Comparative Education, 44(1), 13-28, 2014. Disponível em: http://download.springer.com/static/pdf/547/art%253A10.1007%252Fs11125-014-9296-z.pdf?auth66=1425430591_f5684a630fd4474201a386d41b5e3b74&ext=.pdf. Acesso em: 20 jun. 2014.

Downloads

Publicado

31-07-2015

Como Citar

DE SOUZA, C. F. Aprendizagem sem distância: tecnologia digital móvel no ensino de língua inglesa. Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 8, n. 1, p. 39–50, 2015. DOI: 10.17851/1983-3652.8.1.39-50. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/16686. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Educação e Tecnologia