Aplicativo digital: uma contribuição para o processo de ensino-aprendizagem

Autores

  • Renata Barbosa Vicente Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE
  • Matheus Yuri Bezerra da Silva Araújo Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.17851/1983-3652.10.2.169-184

Palavras-chave:

letramento, letramento digital, aplicativo educacional, ensino-aprendizagem, escola digital.

Resumo

RESUMO: O objetivo deste artigo é apresentar a elaboração de um aplicativo educacional e seu sistema de funcionamento para atender crianças que cursam entre o 1º e o 2º ano do ensino fundamental I, correspondentes à faixa etária em média de seis a oito anos. O aplicativo, intitulado Escolinha do Letramento, é voltado para leitura e escrita. Para o desenvolvimento do aplicativo, estabelecemos como princípio a utilização de recursos gratuitos, a fim de facilitar o acesso do público. Baseados em Soares (2006, 2008) e Xavier (2002), visitamos os conceitos de letramento e letramento digital, respectivamente. Cesarini (2004) e Kay (2006) foram importantes para fundamentar a relação do professor e a sua formação com a tecnologia. Em virtude de vivermos em uma sociedade moderna e cada vez mais tecnológica, faz-se necessário cada vez mais estudos sobre o letramento digital. O aplicativo educacional, já testado com cinco crianças, é resultado do projeto de pesquisa do grupo de pesquisa Letramento, Alfabetização, Tecnologia Digital e Cognição – LATEC. Os testes demonstraram que as crianças compreenderam o mecanismo do jogo de forma satisfatória e não foram identificados problemas técnicos no funcionamento do aplicativo.
PALAVRAS-CHAVE: letramento; letramento digital; aplicativo educacional; ensino-aprendizagem; escola digital.


ABSTRACT: The objective of this article is to present the elaboration of the educational application and its prototype working system that aims at helping children who attend between the 1st and 2nd year of elementary school I, corresponding to the average age range of 6 to 8 years old. The application, entitled Escolinha do Letramento, is aimed at reading and writing. For the development of the application, we established as a principle the use of free resources, so that we could make it available to the public without generating financial costs. Based on Soares (2006), Xavier (2002), we visit the concepts of digital literacy, respectively. Cesarini (2004) and Kay (2006) were important in substantiating the relation of the teacher and his formation with the technology. As we live in a modern and increasingly technological society, there is a growing need for studies on digital literacy. The educational application, already tested with five children, is the result of the research project of the research group Literacy, Literacy, Digital Technology and Cognition – LATEC. The tests demonstrated that the children understood the game mechanism satisfactorily and that no technical issues were identified in the application's operation.
KEYWORDS: literature; digital literacy; educational application; teaching-learning; digital school.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Barbosa Vicente, Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE

DOUTORA EM LETRAS / FILOLOGIA E LÍNGUA PORTUGUESA pela Universidade de São Paulo, possui MESTRADO em Letras pela Universidade de São Paulo - USP - e graduação em LICENCIATURA PLENA EM LETRAS pelo Centro Universitário Fundação Santo André (2004). Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Coordenadora do grupo de pesquisa Letramento, Alfabetização, Tecnologia Digital e Cognição – LATEC. Membro do grupo de pesquisa Mudança Gramatical do Português ? Gramaticalização com estudo de itens e construções em evolução gramatical. Também atua no grupo de pesquisa Projeto: História do Português Paulista/ PHPP: Projeto Caipira. É membro do Grupo de Pesquisa Linguagem Cognição e Sociedade - LINCS na FFLCH-USP.

Matheus Yuri Bezerra da Silva Araújo, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Atualmente é graduando em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) na Unidade Acadêmica do Cabo de Santo Agostinho (Uacsa).Possui técnico em Mecânica, pela Escola SENAI Santo Amaro.

Referências

BORGES, J.; SILVA, H. P. Informação e Mudança: estudo da efetividade dos programas de inclusão digital em Salvador-Bahia. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28. 2005. Rio de Janeiro. Anais... São Paulo: Intercom, 2005. p. 01-15.

BRAGA, D. B. Tecnologia e participação social no processo de produção e consumo de bens culturais: novas possibilidades trazidas pelas práticas letradas digitais mediadas pela Internet. Trab. Linguist. Apl., Campinas, v. 49, n. 2, dez. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tla/v49n2/05.pdf. Acesso em: 04 jul. 2017.

CESARINI, P. Computers, technology and literacies. Journal of Literacy and Technology, v. 4, 2004. Disponível em: http://www.literacyandtechnology.org/v4/pfvs/pfv_cesari-ni.htm. Acesso em: 03 jul. 2017

COLÉGIO SALESIANO – MDD- Material didático digital – 6° ano e 1° série do ensino médio. Disponível em: http://www.salesianorecife.com.br/tempo-integral/ler-noticia/id/605. Acesso em: 25 jan. 2017.

COSCARELLI, C., V.; RIBEIRO, A. E. Letramento Digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. 1. ed. Belo Horizonte: Ceale, Autêntica, 2005. 248p.

FREIRE, P. Política e educação. São Paulo: Cortez, 2001.

INSTEFJORD, E. J., MUNTHE, E. Educating digitally competent teachers: A study of integration of professional digital competence in teacher education. Teaching and Teacher Education, v. 67, p. 37-45, 2017.

KAY, R. H. Evaluating strategies used to incorporate technology into preservice education: A review of the literature. Journal of Research on Technology in Education, v. 38, n. 4, p. 383-408, 2006.

KLEIMAN, A. B. Letramento e suas implicações para o ensino de língua materna. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 32, n. 53, p. 1-25, jul. 2007. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/signo/article/view/242/196. Acesso em: 23 mar. 2017.

MAZZILLI, S.; ROSALEN, M. A. de S. Formação de professores para o uso da informática nas escolas: evidências da prática. In: 28ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pesquisa em Educação, Anais... 2005, Caxambu. 40 anos de Pós-graduação em Educação no Brasil, 2005. p. 1-17.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. Pernambuco inova e distribui tablets para alunos da rede estadual. Disponível em: http://www.educacao.pe.gov.br/portal/?pag=1&cat=37&art=216. Acesso em: 07 jan. 2017.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. 11. reimpr. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, 128p.

SOARES, M. Alfabetização e letramento. 5 ed. São Paulo: Contexto, 2008, 123.

SOUZA, V. V. S. Letramento digital e formação de professores. Revista Língua Escrita, n. 2, p. 55-69, dez. 2007.

XAVIER, A. C. dos S. Identidade docente na era do letramento digital: aspectos técnicos, éticos e estéticos. In: HIPERTEXTO E TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, 2º, Anais... 2008, Recife. Disponível em: http://www.ufpe.br/nehte/simposio2008/anais/Antonio-Carlos-Xavier.pdf. Acesso em: 5 ago. 2017

XAVIER, A. C. dos S. Letramento digital e ensino. 2002. Núcleo de Estudos de Hipertexto e tecnologia Educacional (NEHTE). Disponível em: https://www.ufpe.br/nehte/artigos/Letramento-%20Digital-Xavier.pdf. Acesso em: 23 mar. 2017.

VICENTE, R. B.; CAMPOS, J. M. T. Letramento Digital nos anos iniciais do ensino fundamental. Revista Metalinguagens, n. 5, mai. 2016, p. 78-89. http://ojs.ifsp.edu.br/index.php/metalinguagens/article/view/251/31. Acesso em: 13 jul. 2017.

Downloads

Publicado

28-12-2017

Como Citar

VICENTE, R. B.; ARAÚJO, M. Y. B. da S. Aplicativo digital: uma contribuição para o processo de ensino-aprendizagem . Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 10, n. 2, p. 169–184, 2017. DOI: 10.17851/1983-3652.10.2.169-184. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/16768. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Educação e Tecnologia

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.