“Eu vejo que eles estão engajados”

mediação, interação e investimento no desenvolvimento da compreensão leitora em Língua Inglesa em contexto de ensino remoto emergencial

Autores

  • Manuela da Silva Alencar de Souza Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul), Pelotas - RS, Brasil https://orcid.org/0000-0002-8198-1538
  • Christine Siqueira Nicolaides Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil https://orcid.org/0000-0003-0167-3592

DOI:

https://doi.org/10.35699/1983-3652.2021.32572

Palavras-chave:

Compreensão leitora em língua adicional, Ensino remoto emergencial, Mediação, Interação, Investimento

Resumo

Os resultados trazidos neste artigo são parte de um projeto de pesquisa, cujos dados foram gerados a partir de uma narrativa baseada em uma entrevista com uma professora de línguas, aqui denominada CÍNTIA. O objetivo da entrevista foi observar como a docente promoveu o desenvolvimento de compreensão leitora da língua inglesa, em turma regular de uma escola privada do ensino fundamental, em contexto de ensino remoto emergencial (ERE). Buscou-se, portanto, refletir sobre as seguintes questões: 1) Como os instrumentos de mediação (SWAIN; KINNEAR; STEINMAN, 2015) podem favorecer a compreensão leitora em inglês em contexto de ensino remoto emergencial?; 2) Como a interação (ELLIS, 2020 FIGUEIREDO, 2019) pode ser desenvolvida na aula de compreensão leitora de inglês no ensino fundamental, em contexto de ensino remoto emergencial?; e 3) Em que medida é possível perceber o investimento (DARVIN; NORTON, 2016; NORTON, 2013) do aprendiz do ensino fundamental no seu processo de desenvolvimento da compreensão leitora em inglês, em contexto de ensino remoto emergencial? Uma entrevista semiestruturada foi realizada com uma professorade inglês de uma escola privada em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A narrativa de CÍNTIA demonstra que o investimento empregado pelos aprendizes se relaciona com instrumentos físicos (computador, internet, dicionário online) e simbólicos (língua adicional e língua materna) de mediação utilizados pela professora e pelos aprendizes em espaços de interação realizados de maneira totalmente virtual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manuela da Silva Alencar de Souza, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul), Pelotas - RS, Brasil

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul).

Christine Siqueira Nicolaides, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Professora do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Referências

BOURDIEU, Pierre. What makes a social class? On the theoretical and practical existence of groups. Berkeley Journal of Sociology, v. 32, p. 1–17, 1987.

DARVIN, Ron; NORTON, Bonny. Investment and Language Learning in the 21st Century. Langage et société, v. 157, n. 3, p. 19, 2016. DOI: 10.3917/ls.157.0019. Disponível em: http://www.cairn.info/revue-langage-et-societe-2016-3-page-19.htm. Acesso em: 13 set. 2021.

ELLIS, Rod. A short history of SLA: Where have we come from and where are we going? Language Teaching, v. 54, n. 2, p. 190–205, 2020. DOI: 10.1017/S0261444820000038. Disponível em: https://www.cambridge.org/core/product/identifier/S0261444820000038/type/journal_article. Acesso em: 13 set. 2021.

FETT, Ana Maria Munhoz; NÉBIAS, Cleide Marly. As mediações tecnológicas no desenvolvimento das funções psicológicas superiores. ETD - Educação Temática Digital, v. 7, n. 1, p. 103–132, 2005. DOI: 10.20396/etd.v7i1.599. Disponível em: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/599. Acesso em: 13 set. 2021.

Figueiredo, Francisco José Quaresma de. Vygotsky: a interação no ensino/aprendizagem de línguas. 1ª ed. São Paulo: Parábola, 2019.

LANTOLF, James P.; THORNE, Steven L. Sociocultural theory and the genesis of second language development. Oxford: Oxford University Press, 2009.

LÉVY, Pierre. A web de ontem, a web de amanhã. [S.l.: s.n.], 2016. Disponível em: https://www.fronteiras.com/artigos/a-web-de-ontem-a-web-de-amanha. Acesso em: 2 nov. 2018.

NORTON, Bonny. Identity and language learning: extending the conversation. Second Edition. Bristol: Multilingual Matters, 2013.

SCHLATTER, Margarete; GARCEZ, Pedro de Moraes. Língua adicionais na escola: aprendizagens colaborativas em inglês. Erechim: Edelbra, 2012.

SWAIN, Merrill; KINNEAR, Penny; STEINMAN, Linda. Sociocultural theory in second language education: an introduction through narratives. Bristol: Multilingual Matters, 2015. (MM Textbooks).

VYGOTSKY, Lev. Mind in society: the development of higher psychological processes. Cambridge: Harvard University Press, 1978.

WENGER, Étienne. Communities of practice: learning, meaning, and identity. Cambridge: Cambridge University Press, 1998.

Downloads

Publicado

2021-09-21

Como Citar

SOUZA, M. da S. A. de; NICOLAIDES, C. S. “Eu vejo que eles estão engajados”: mediação, interação e investimento no desenvolvimento da compreensão leitora em Língua Inglesa em contexto de ensino remoto emergencial. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, Belo Horizonte-MG, v. 14, n. 3, p. e32572, 2021. DOI: 10.35699/1983-3652.2021.32572. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/32572. Acesso em: 27 out. 2021.