INCORPORAÇÃO DA ERGOLOGIA NO BRASIL: AVANÇOS, LIMITES E PERSPECTIVAS / The incorporation of ergology in Brazil: advances, limitations and perspectives

Autores

  • Eloisa Helena Santos Centro Universitário UNA

Palavras-chave:

Ergologia no Brasil, Pesquisas de orientação ergológica, Trabalho, Educação e Ergologia

Resumo

O artigo apresenta os resultados preliminares de uma pesquisa que buscou resgatar, historicamente, a incorporação da ergologia na produção do conhecimento no campo da educação no Brasil. O cenário da pesquisa limitou-se à Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais e ao Mestrado em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local, do Centro Universitário UNA, dada a relevância do conjunto de trabalhos aí produzidos. A opção metodológica configurou-se numa pesquisa bibliográfica que permitiu identificar e analisar trinta e uma dissertações e teses, defendidas no período compreendido entre 2000 e agosto de 2012. A análise empreendida apontou avanços, limites e perspectivas identificados nesse material, do ponto de vista conceitual, metodológico e da intervenção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eloisa Helena Santos, Centro Universitário UNA

Professora do Mestrado em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local do Centro Universitário UNA (Belo Horizonte, Brasil). Membro da Rede Franco-lusófona Ergologia, Trabalho e Desenvolvimento e de seu Comitê Científico. Doutora em Educação, Pós-Doutora em Sociologia do Trabalho e em Ergologia.

Downloads

Publicado

2013-02-21

Como Citar

SANTOS, E. H. INCORPORAÇÃO DA ERGOLOGIA NO BRASIL: AVANÇOS, LIMITES E PERSPECTIVAS / The incorporation of ergology in Brazil: advances, limitations and perspectives. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 21, n. 3, p. 27–43, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9048. Acesso em: 30 nov. 2021.

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.