A CRISE BRASILEIRA: RISCOS PARA A UNIVERSIDADE E A PESQUISA

Autores

  • Antônia Vitória Soares Aranha FaE/UFMG
  • Maria Laetitia Corrêa
  • Jaqueline Moreno Teodoro Silva CEFET-MG

Palavras-chave:

Educação, Trabalho, Pesquisa

Resumo

O governo brasileiro tentou dar um tom de surpresa à mais recente crise da economia brasileira. Amparado por grande parte da mídia, chegou mesmo a tentar responsabilizar o governador de Minas Gerais, Itamar Franco, pelo desencadeamento da crise, em função da moratória decretada por este. No entanto, as medidas tomadas para enfrentar a crise de agosto de 1998 mostram a incapacidade do governo FHC em detê-la, o agravamento das condições de vida da população e o sacrifício de áreas-chave como a saúde, a educação e a pesquisa do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-05-04

Como Citar

ARANHA, A. V. S.; CORRÊA, M. L.; SILVA, J. M. T. A CRISE BRASILEIRA: RISCOS PARA A UNIVERSIDADE E A PESQUISA. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 4, p. 11–17, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9096. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

EDITORIAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>