Ação antimicrobiana de soluções de uso doméstico sobre a espécie candida albicans proveniente de cultura de estoque da cavidade bucal de idosos

  • Lidianne Gama Cabral Coelho Universidade Vale do Rio Doce- Univale
  • Lourimar Viana N. F de Souza Universidade Vale do Rio Doce- Univale
  • Elaine Alves de Oliveira
  • Suely Maria Rodrigues Universidade Vale do Rio Doce- Univale
  • Andréa Maria Duarte Vargas Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG
  • Efigênia Ferreira e Ferreira Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG

Resumo

Leveduras comuns na cavidade bucal (gênero Candida e a espécie C. albicans), em idosos e em situações específicas (uso contínuo de próteses e higiene bucal deficiente), deixam o estado comensalista e se transformam na forma parasitária produzindo candidoses bucais. Na presente pesquisa foi verificada a
atividade antimicrobiana, in vitro, de soluções de uso caseiro sobre a espécie C. albicans proveniente de cultura de estoque da cavidade bucal de idosos com ou sem lesões. O experimento foi dividido em duas etapas: na primeira, através da prova de difusão em Agar Saboraud, as soluções de vinagre caseiro, bicarbonato de sódio e hipoclorito de sódio a 2,5% foram avaliados quanto ao poder de inibição frente à espécie Candida albicans; na segunda etapa, através da prova do poder germicida, foi caracterizada a resistência do fungo às
soluções. O resultado demonstrou que não houve halo de inibição em nenhuma das soluções testadas. Podese concluir que, as soluções de uso caseiro não possuem eficácia sobre a espécie Candida albican; a receita caseira de higienização bucal e da prótese recomendadas pelos cirurgiões-dentistas não tem efeito algum sobre essa levedura.
Descritores: Candida albicans. Higienização de prótese. Soluções caseiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidianne Gama Cabral Coelho, Universidade Vale do Rio Doce- Univale
Aluna do Curso de Ciências Biológicas, UNIVALE
Lourimar Viana N. F de Souza, Universidade Vale do Rio Doce- Univale
Profa. Adjunta do Curso de Ciências Biológicas, UNIVALE
Elaine Alves de Oliveira
Bióloga, Especialista em Imuno-patologia
Suely Maria Rodrigues, Universidade Vale do Rio Doce- Univale
Profa. Adjunta do Curso de Odontologia, UNIVALE
Andréa Maria Duarte Vargas, Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG
Profa. Adjunta da Faculdade de Odontologia, UFMG
Efigênia Ferreira e Ferreira, Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG
Profa. Adjunta da Faculdade de Odontologia, UFMG

Referências

1. Fonseca JB. Candidíases: aspectos de interesse odontológico. São Paulo: Universidade de São Paulo.1989. 189p.
2. Chimenos E, Lopez PD. Fármacos antifúngicos utilizados em el tratamiento de la micosis. Medicina Oral, 1998; 3:78-90.
3. Koneman A et al. Diagnostic microbiology. 5 ed. New York: Lippincolt Philadelphy. 1997, 390p.
4. Pinto ML. Doença periodontal no idoso: medidas preventivas. Rev Fac Odontol Univ Fed Bahia 1987; 7:67-74.
5. Samaranayake LP, McFarlane TW. The adhesion of yeast Candida albicans to epithelial cells on human origin in vitro. Oral Biol. 1981;
26:815-20.
6. Dixon DL et al. Microwave disinfection of denture base materials colonized with Candida albicans. J Prosthet Dent. 1999; 81:207-14.
7. Nicholson RJ et al. Calculus and stain removal from acrylic resin dentures. J Prosthet Dent. 1968; 20:326-9.
8. Polysois GL. Denture cleasing habits: a survey. Aust Dent J. 1983; 28:171-3.
9. Farias JG, Sperança PA, Santana EJB. Estudo Comparativo da ação antimicrobiana de soluções desinfetantes domésticas e hospitales sobre
espécies do gênero Candida. Rev Fac Odontol Univ Fed Bahia 2001; 22:43-53.
10. Pinto-Coelho CM et al. Avaliação preliminar das lesões da mucosa bucal associadas ao uso de prótese removível. Rev Fac Odontol Ribeirão
Preto 2000; 3:3-9.
11. Moreira AC et al. Estudo clínico e microbiológico de candidoses bucais. Rev Fac Odontol Univ Fed Bahia 2001; 23:54-8.
12. Gomes JB et al. Candidíase oral: aspectos etiológicos, fisiopatológicos e preventivos em portadores de próteses totais. Revisão da literatura. ROBRAC 2003;15:28-32.
13. Marchini L et al. Prótese dentária na terceira idade. Rev Assoc Paul Cir Dent. 2001; 55:83-7.
14. Sesma N et al. Eficiência de métodos caseiros de higienização e limpeza de próteses parciais removíveis. Rev Assoc Paul Cir Dent. 1999;
53:351-4.
15. Lima EM et al. Avaliação dos materiais e métodos de higiene utilizados por pacientes usuários de próteses removíveis em atendimento na Clínica da FOP-UNICAMP. Rev Odonto Ciênc. 2004; 19:90-5
Publicado
2016-03-14
Como Citar
Coelho, L. G. C., Souza, L. V. N. F. de, Oliveira, E. A. de, Rodrigues, S. M., Vargas, A. M. D., & Ferreira, E. F. e. (2016). Ação antimicrobiana de soluções de uso doméstico sobre a espécie candida albicans proveniente de cultura de estoque da cavidade bucal de idosos. Arquivos Em Odontologia, 44(1). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3456
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)