Possível utilização da farinha de insetos na alimentação de cães e gatos

Autores

  • Lizia Cordeiro Carvalho Mestranda em Produção Animal. Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de Montes Claros, MG http://orcid.org/0000-0002-7962-4670
  • Bruna Machado Lacerda Graduanda em Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de Montes Claros, MG
  • Luana Kelly Lopes Graduanda em Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de Montes Claros, MG
  • Bruna de Mattos Cândido Graduanda em Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de Montes Claros, MG
  • Fabiana Ferreira Docente da Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de MontesClaros, MG
  • Raphael Rocha Wenceslau Docente da Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de MontesClaros, MG
  • Cristina Maria Lima Sá-Fortes Docente da Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de MontesClaros, MG

Palavras-chave:

Nutrição de PET. Ingrediente proteico. Sustentabilidade. Alimento alternativo.

Resumo

A produção de alimentos para cães e gatos passou por uma evolução visível nos últimos anos, tendo
crescente produção e, consequentemente, gerando maior demanda por matéria prima de fontes proteicas, que inclusive são as mesmas utilizadas para o consumo humano. A farinha de insetos visa uma
produção mais sustentável, gera menor competição de matéria prima de consumo humano, além de
possuir elevado valor nutricional, com isso, este presente trabalho tem como objetivo revisar aqueles
que citam a utilização de farinha de insetos como matéria prima voltada para a alimentação animal,
com foco para cães e gatos. A utilização de farinha de insetos na alimentação animal foi sugerida pela
Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura devido ao crescimento populacional
humano em 2050 e, além disso, os insetos são excelentes fontes de gordura, minerais e fibras, ricos
em proteínas e de um elevado valor biológico, sendo que sua composição proteica ultrapassa a da
soja, justificando a substituição de até 100% de farinha de insetos em dietas de algumas espécies
de animal de produção. As informações para o uso de insetos na alimentação PET é muito escassa.
Conclui-se que o uso de farinha de insetos, como matéria prima para produção de alimentos para cães
e gatos pode ser considerada viável, pela sua composição nutricional e diminuição da pegada de carbono que os cães e gatos produzem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lizia Cordeiro Carvalho, Mestranda em Produção Animal. Universidade Federal de Minas Gerais. Campus de Montes Claros, MG

Graduação em Zootecnia pela UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - 2015. Integrante do Grupo de estudos em Nutrição de animais de companhia (GEPET). Mestranda em produção animal na Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

ABINPET - Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de estimação, 2015. www.abinpet.org.br Acesso 30/03/2016.
ANDREASE, F. Estudos de métodos indiretos (óxido crômico e lignina) para a determinação da digestibilidade aparente no cão e métodos de avaliação da energia alimentar. Tese (Livre docência em Nutrição Animal) Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo, São Paulo. 1956
ANDRIGUETO et al. Nutrição animal. Vol. 2. Nobel, Curitiba. p. 345, 1988
ANDRIGUETTO, J. M. PERLY, L. MINARDI, I. GERMAEL, A. FLEMMING, S. J. SOUZA, G. A. FILHO, A. B. Nutrição animal, As bases e os fundamentos da nutrição animal: Os alimentos. Nobel, São Paulo, v. 1, p. 27-30, 2002
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FABRICANTES DE ALIMENTOS PARA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO. Manual do programa integrado de qualidade pet. 2. Ed. São Paulo, p. 238, 2008
ASSOCIATION OF AMERICAN FEED CONTROL OFFICIALS. Official Publication 2005. Oxford, p. 1176, 2005
AWONIYI, T. A. M.; ADETUYI, F. C.; AKINYOSOYE, F. A. Microbiological investigation of maggot meal, stored for use as livestock feed component. Journal of Food Agriculture and Environment,v. 2, p. 104, 2004
BEDNAR, G. E. et al. Select animal and plant protein sources affect nutrient digestibility and fecal characteristics of ileally-cannulated dogs. Arch. Anim. Nutr., v.53, p. 127-140, 2000
CAMILO, M. SAKAMOTO, M. I. GOMES, M. O. S. Nutrição de cães em diferentes fases da vida. Boletim Técnico, produção animal UNICASTELO. Descalvado, SP, p. 5, v. 10, 2014
CARCIOFI, A.C. IV Curso Teórico-Prático sobre Nutrição de Cães e Gatos “Uma Visão Industrial” FCAV/Unesp Jaboticabal, p.79. 2008
CARCIOFI, A.C.; JEREMIAS, J.T. Progresso científico sobre nutrição de animais de companhia na primeira década do século XXI. Revista Brasileira de Zootecnia, v.39, p.35-41, 2010
CASE, L. P. et al. Canine and feline nutrition: a resource for companion animal professionals. 2. Ed. St. Louis: Mosby, p. 71-73, 105-107, 174-178, 2000
CASE, L. P.; CAREY, D. P.; HIRAKAWA, D. A.; Nutrição canina e felina: manual para profissionais. Espanha: Harcourt Brace, p. 410, 1998
CHERNEY, D. J. R.; GIVENS, D. J.; OWENS, E.; OMED, H. M. Characterization of forages by chemical analysis. In: Forage evaluation in ruminant nutrition. Oxon: CABI. p. 281-300, 2000
COWELL, C. S.; STOUT, N. P.; BRINKMANN, M. F.; MOSER, E. A.; CRANE, S W.; HAND, M. S.; THATCHER, S. D.; REMILLARD, R. L. ROUDEBUSH, P. Making commercial pet food. Small animal clinical nutrition. 4. Ed. Kansas: Mark Morris Institute, . P. 127-146. 2000
EFSA Scientific Committee. Scientific Opinion on a risk profile related to production and consumption of insects as food and feed. EFSA Journal 2015;13(10):4257, doi:10.2903/j.efsa.2015.4257. p. 60, 2015
FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations), 2013. Edible insects. Future prospects for food and feed security. van Huis A, van Itterbeeck J, Klunder H, Mertens E, Halloran A, Muir G and Vantomme P. Rome, 2013
FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations). State of the world fisheries and aquaculture. 2012
FAO. World Livestock 2011 – Livestock in food security. Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO), Rome, 2011
FRANÇA, J.; SAAD, F. M. O.; SAAD, C. E. P.; SILVA, R. C.; REIS, J. S. Avaliação de ingredientes convencionais e alternativos em rações de cães e gatos. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, p. 222-231, 2011
Huis, A. V.; Dicke, M.; Van Loon, J. J. A. Insects to feed the world. Journal of Insects as Food and Feed,v. 1,p. 3–5. 2015
HUIS, A. V.; GURP, H. V.; DICKE, M.; The Insect Cookbook. Food for a Sustainable Planet. Columbia University Press. 2014
HUIS, A. V.; ITTERBEECK, J. V.; KLUNDER, H.; MERTENS, E.; HALLORAN, A.; MUIR, G.; VANTOMME. Edible insects: Future prospects for food and feed security. Food and abriculture organization of the united nations, Rome, 2013
HWANGBO, J.; HONG, E. C.; JANG, A.; KANG, H. K.; OH, J. S.; KIM, B. W.; PARK, B. S. Utilization of house fly-maggots, a feed supplement in the production of broiler chickens. Journal of Environmental Biology,v. 30 p. 609–614, 2009
JOSÉ, V. A. Digestibilidade e valores energéticos de alimentos extrusado para cães. Dissertação, UFLA, Lavras-MG. p. 08-10, 2009
JÚNIOR, J. W. S. Digestibilidade de dietas com diferentes fontes de carboidratos e sua influência na glicemia e insulinemia em cães. Dissertação, UFLa, Lavras-MG. p. 15-16, 2004
LOCK E. R.; Arsiwalla T.; Waagbo R. Insect larvae meal as an alternative source of nutrients in the diet of Atlantic salmon (Salmo salar) post-smolt. Aquaculture Nutrition. doi:10.1111-anu.12343, 2015
MAKKAR, H. P. S.; TRAN, G.; HEUZÉ, V.; ANKERS, P. State-of-the-art on use of insects as animal feed. Animal Feed Science and Technology, v. 197, p. 1-33, 2014
NEWTON, L.; Sheppard, C.; Watson, D. W.; Burtle, G. Dried Hermetia illucens larvae meal as supplement for swine. Journal of Animal Science, v. 44, p. 395–400. 2005
NEWTON, G. L. C. V.; BOORAM, R. W.; BARKER, O. M.; HALE. Dried Hermetia illucens larvae meal as a supplement for swine. J. Anim. Sci. 44: p. 395-400, 1997
PET FOOD BRASIL. Palatabilizantes, ingredientes essencial ao Pet Food. São Paulo, ed. 28, 2014
PRETORIUS, Q. The evaluation of larvae of Mucosa Domestica (Common House Fly) as protein source for broiler production. MSc. Thesis, Department of Animal Sciences, Faculdade de agrociência, Universidade de Stellenbosch, África do Sul. 2011
PIMENTEL D.; Berger B.; Filiberto D.; Newton M.; Wolfe B.; Karabinakis E.; Clark S.; Poon E.; Abbett E.; Nandagopal S. Water resources: Agricultural and environmental issues. Bioscience, 54, 909–918. 2004
POND, W. G.; CHURCH, D. C.; POND, K. R. Basic animal nutrition and feeding, 4. Ed. New York: John Wiley & Sons, p. 615, 1995
PRADA, C. Pegada de Carbono na produção de pet food. Colégio Brasileiro de Nutrição Animal, Pet Food Brasil. P. 15-17, 2013
PROTEINSECT. Enabling the exploitation of insects as a sustainable source of protein for animal feed and human nutrition. Food and Environment Research Agency (FERA). 2014
RIDDICK E. W.; Morales-Ramos J. A.; Rojas M. G.; Shapiro-Ilan D. I. Insect protein as a partial replacement for fishmeal in the diets of juvenile fish and crustaceans. Mass production of beneficial organisms–Invertebrates and Entomopathogens, Academic Press, Amsterdam, Chapter 16, p. 565–582. 2014
SANCHEZ-MUROS M. J.; Barroso F.G.; Manzano-Agugliaro F. Insect meal as renewable source of food for animal feeding: a review. Journal of Cleaner Production, 65, p 16–27. 2014
SEIXAS, J.R.C.; ARAÚJO, W.A.; FELTRIN, C.A. et al. Fontes protéicas para alimentos pet. In: SIMPÓSIO SOBRE NUTRIÇÃO DE ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO, 3., 2003, Campinas. Anais... Campinas: Colégio Brasileiro de Nutrição Animal Campinas, p.97-116, 2003.
TEGUIA A.; MPOAME M.; OKOUROU M. J. A. The production performance of broiler birds as affected by the replacement of fish meal by maggot meal in the starter and finisher diets. Tropicultura, v. 20, p. 187–192, 2002
VELDKAMP, T.; VAN DUINKERKEN, G.; VAN HUIS, A.; LAKEMOND, C. M. M.; OTTEVANGER, E.; BOSCH, G.; VAN BOEKEL, M. A. J. S. Insects as a sustainable feed ingrediente in pig and poultry diets – a feasibility study. Insecten als duurzame diervoedergrondstof varkens- en pluimveevoeders – een haalbaarheidsstudie. Report, 638, 2012
WIJNNOOGST, H. J. IV Congresso Internacional e XI Simpósio de Nutrição de Animais de Estimação. Colégio Brasileiro de Nutrição Animal. 2012

Downloads

Publicado

2016-12-19

Como Citar

Carvalho, L. C., Lacerda, B. M., Lopes, L. K., Cândido, B. de M., Ferreira, F., Wenceslau, R. R., & Sá-Fortes, C. M. L. (2016). Possível utilização da farinha de insetos na alimentação de cães e gatos. Caderno De Ciências Agrárias, 8(3), 78–83. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/ccaufmg/article/view/2909

Edição

Seção

REVISÕES DE LITERATURA

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)