Futebol, política e identidade no Brasil

  • Marcel Vejmelka Universidade de Mainz
Palavras-chave: Futebol brasileiro, Identidade nacional, Cultural popular, Política.

Resumo

Devido à sua extraordinária importância cultural e social, o futebol no Brasil é um elemento decisivo para a esfera política que tenta aproveitar o esporte para os seus fins. Ao mesmo tempo, no nível da micropolítica, é a dimensão que articula grande parte das dinâmicas sociais e culturais, da identificação individual e coletiva com um time ou clube até às mais variadas formas de comunicação e codificação midiática. Dentro dessa polaridade, o futebol vem sendo um dos veículos privilegiados e um dos campos mais cobiçados para a concepção e concretização de identidades clubísticas, locais e regionais, culminando nas propostas identitárias nacionais do “país do futebol” e do “melhor futebol do mundo”. Essa dinâmica acompanha, articula, visualiza e até origina as rupturas que vem marcando o Brasil enquanto nação na sua história recente.

Biografia do Autor

Marcel Vejmelka, Universidade de Mainz
É Coordenador de Relações Internacionais e professor do Departamento de Espanhol e Português na Faculdade 06 "Tradução, Linguística e Estudos Culturais" (FTSK), da Universidade de Mainz em Germersheim, Alemanha. É ex-bolsista (pós-doutorado) do International Graduate Centre for the Study of Culture (GCSC), Universidade Justus-Liebig de Giessen (2007/8); possui Doutorado em Estudos Latino-americanos/Brasileiros - Freie Universität Berlin (2004); graduação em Tradução Português/Espanhol - Humboldt-Universität zu Berlin (2000). Tem experiência na área de Literatura, Cultura e Tradução, com ênfase em Literatura brasileira e hispano-americana, atuando principalmente nos seguintes temas: tradução literária, literatura brasileira, literatura comparada e teoria literária.
Publicado
2018-06-11